class main AboutMe { exec(); }
Não há nada de mais triste do que ver os teus super heróis a fraquejarem.
Por mais forte que possa parecer, fico completamente despedaçado...




Eu e os problemas dos outros...


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 26/02/11 10:36

O conhecimento é como a Nutella, enquanto menos se tem, mais a untamos... (sim sim... testado e aprovado)

1 comentário | Publicado por Ruben Alves @ 23/02/11 21:02


True.... True...

2 comentários | Publicado por Ruben Alves @ 22/02/11 20:21

E fez-se luz. Pelo menos, foi a sensação que tive hoje depois de tomar conhecimento da manifestação organizada pelo Alexandre de Sousa Carvalho via o site  http://geracaoenrascada.wordpress.com.
Os Deolinda, na sua música Parva que sou, deu a volta a Portugal, entrou nos youtubes, sites, foruns e blogs e rasgou as ideias recebidas. Parvo que somos. Sem dúvida... Eu próprio senti-me inspirado, e avanço desde já com a notícia de um novo projecto que brevemente irei partilhar.
Regressando ao assunto todos os que nasceram após a década de 80 conseguem estar de acordo, é verdade que vida está complicada, de certa forma, mais complicada para nós dos que para os nossos pais. Milhares de exemplos de jovens sem emprego, jovens 20/30 anos a trabalharem a recibos verdes, jovens presos aos trabalhos porque nem sequer conseguirem pouparem 50 euros ao fim do mês, jovens sem capacidade para crescerem ou fazerem a vidinha deles, terem filhos... Pior ainda, sem capacidade por fazer greve, sim porque "perder" um dia de trabalho vai impactar em muito o rendimento no fim do mês...
Acho que o maior acto de luxo hoje em dia para um jovem é simplesmente ter um filho. Mesmo com 30 anos, continua a ser algo de pouco provável. Já mal sobra para nós quanto mais para os outros. O mundo em Portugal definitivamente pertence aos outros, pertence não a quem possa ter mérito no que faz, mas sim aos que conhecem a pessoa cerca.
A geração Rasca, a tal que ouvia GNR, Quinta do Bill e Mamonas assassinas, que eram vistos e classificados como "rascos", Geração rasca e o termo ficou. Ficou mas não identifica, uma geração que quer trabalhar, procura trabalhar, tenta melhorar o país, revolta-se (pouco) contra a injustiça.
Tal como a Pólo Norte classifica, sinto sim que somos uma geração de desenrasca, uma geração que não consegue evoluir por mais que tente e porque mais que luta. Ainda hoje vamos para estrangeiro para crescermos, ainda hoje temos de fazer 30 por uma linha para conseguirmos fazer alguma coisa ao fim do mês, ainda hoje pensamos duas vezes antes de irmos ao cinema ou simplesmente sair... Merda! Cada vez mais abre-se uma diferença entre as classe les riches sont de plus en plus riches et les pauvres sont de plus en plus pauvres já cantavam os Raggasonic em 1995. Porquê que tem de ser assim?

Sem dúvida isto tem de mudar, sem dúvida que estamos fartos por receberem 3 vezes menos do que o resto da Europa, fartos que sejam os mesmos a receberem montantes pornográficos (gostei dessa!) em prémios, fartos da pequena corrupção de merda, fartos da injustiça das classes, fartos da ausência da meritrocracia, fartos porque as empresas também tem a corda ao pescoço, fartos dos pobres serem pobres.
Nos queremos trabalhar, não temos a ilusão que tudo apareça feito como por magia, apenas queremos poder viver...

Somos jovens sim, mas já temos 30 anos! Não acho normal tratarem-nos como se tivéssemos 16, usarem-nos com estágios, bolsas, recibos verdes, ajudas de custos, rendimento mínimo anos a fios... Não, também digo basta, também digo Merda com todas as letras e todos os dentes.

Basta pouco para levantar as orelhas... Fico feliz que seja só uma simples música...  Só espero também que seja a primeira de muitas...

3 comentários | Publicado por Ruben Alves @ 22/02/11 19:26

E desta feita entrou logo para o top 3 dos melhores cheiros dos melhores perfumes de todo o sempre: Jimmy Choo.



(pause...)

Um WOW com todas as letras, com direito exclusivo às maiúsculas e tudo. É doce QB, elegante, misterioso, único, sabe bem à alma, não cheira a sexo mas tem um aroma sensual absolutamente imperdível. Se levei uma amostra? Não... Roubei-a!
1 comentário | Publicado por Ruben Alves @ 22/02/11 02:27

Relativamente ao caso TMN e Nuno Barros com o ICAP, lembrei de pesquisar (nem me recordo ao certo porquê que fui ao sapo), e lá encontrei esta pérola no directório do sapo.pt. Simples, vão ao http://directorio.sapo.pt, depois cliquem em:
  1. Sociedade
  2. Associações, Fundações e movimentos cívicos
  3. Defesa do Consumidor (ou então podem clicar aqui)
E pimba, supostamente uma secção com 37 resultados divididos em 3 páginas reduzidos a isto:



Certamente trata-se de um erro (não estou a ver A censura a atacar os escritórios do batráquio em Picoas). No entanto, é sempre bom encontrar este tipo de erros no Sapo. Afinal, o sapo também é humano.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 22/02/11 01:15

É certinho como o destino, ei de lá por os meus pés! Já que não posso ir até a Malásia (pelo menos para já), a Malásia é que vem a mim!


Aqui está a vantagem em trabalhar com pessoas de todo o globo :P

Já agora aproveito para dar algumas informações sobre as Petronas Towers:
  • Aberto ao público em Agosto 1999, foram durante 5 anos (2004) o prédio mais alto em todo o mundo, no entanto mantém o recorde das mais altas torres gémeas do mundo,
  • Cada torre tem ao todo 88 andares e 78 elevadores,
  • Altura total: 451,9 metros! Cada uma claro,
  • Custo total: 1,6 mil milhões de dollares,
  • A passagem entre as duas torres encontra-se entre o piso 41 e 42 a cerca de 170 metros de altitude.
  • Mais informações sobre as torres Petronas aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/Petronas_Towers
Agora cabem no meu bolso :P

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 21/02/11 14:53

Nunca mais escrever sobre Tablets ou Smartphones, afinal já imensa gente a copiar escrever sobre o assunto...

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 21/02/11 00:18

Não quero ser mau, mas o quê que estes cantores vem cá fazer? Já tiveram a sua hipótese no Operação Triunfo e Ídolos só queria perceber porquê que até neste Portugal tem talentos ainda há espaço para cantores....
Cantar é assim o sonho de tantos Portugueses?

3 comentários | Publicado por Ruben Alves @ 21/02/11 00:15

Qual dos dois será o mais rápido?
  • A luz (entenda-se a velocidade da luz)
  • A gravidade
Imaginemos que estamos no nosso sistema solar, e que de um momento para o outro o sol simplesmente desaparece. Tendo em conta que
  1. O tempo médio que a luz do sol chegue até aos nossos olhos é de 8 minutos e 16 segundos (a órbita da terra percorre uma elíptica e não um círculo).
  2. A terra é atraída pela gravidade do sol.
  3. A gravidade do sol é uma "força" (eu não escrevi a palavra força) que retém a terra de afastar-se do centro do sistema solar.
Logo, se o sol desaparece, qual dos dois iremos notar em primeiro? A falta de luz, a falta de gravidade (instabilidade na terra), ou ambos ao mesmo tempo?


ESO/L. Calçada

6 comentários | Publicado por Ruben Alves @ 20/02/11 20:56

Isto das gerações das redes de telecomunicações é uma loucura. Ainda não implementamos uma solução LTE estável (tirando a Verizon nos Estados Unidos,mas também para quem trabalhava em CDMA, passar para LTE era essencial). Enfim, toda a gente estava à espera da próxima geração...
Já vimos que o 3G afinal só trouxe mesmo médio/alto débito aos telemóveis, mas o GSM lá ficou, e até evoluiu. Agora está o LTE para chegar, o que no fundo só permite... mais largura de banda. Pois LTE é largura de banda, a ideia é transformar um telemóvel, tablet e claro smartphone num posto de consumo Internet. Claro, que a convergência GSM vai ser permanecer... Já agora, estamos a falar de  uma tecnologia com 15 anos (GSM).

Agora, a Alcatel-Lucent acabou de anunciar numa press release que a 5G vai mesmo chamar-se lightRadio. Basicamente, prometem mudar o funcionamento da própria rede de telecomunicações. A ideia é convergir 2G, 3G, 4G num só sistema mais económico para o operador, todo IP based (acabou-se os links x25, A-BIS e afins).

Tendo em conta que LTE está mesmo para aparecer em Portugal, penso que só veremos esta tecnologia aparecer na prática dentro de 3 ou 4 anos. Até lá, o melhor é ir ficar atento e saber mais sobre esta tecnologia.






Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 08/02/11 01:49

Finalmente o último bloco /8 IPv4 foi atribuído as RiRs ao inicio desta tarde (GMT), e tal e qual os quadros de chocolates natalícios, o quadro IPv4 está terminado:


Sendo o 0.*, 10.* e 127.* reservados. Os restantes são multicast, reservados e classe E.
* fonte ARS Technica*

E agora? esgotaram os IP é isso? O que fazer se desligar o computador? Vamos lá ter calma! É um problema conhecido, e já há soluções práticas há 10 anos, e já existe o IPv6. Só que a nomenclatura IPv6 é intragável, guardou-se o IPv4 até rebentar pelas costuras. E hoje é o dia!

E quando digo intragável, é mesmo.... Vamos ao exemplo prático da coisa. Um ping da treta:

ping6 -I eth0 -c 1 fe80::2e0:18ff:fe90:9205
PING fe80::212:23ff:fe12:3456(fe80::212:23ff:fe12:3456) from
fe80::212:34ff:fe12:3478 eth0: 56 data bytes
64 bytes from fe80::212:23ff:fe12:3456: icmp_seq=0 hops=64 time=445 usec
--- fe80::2e0:18ff:fe90:9205 ping statistics ---
1 packets transmitted, 1 packets received, 0% packet loss round-trip
min/avg/max/mdev = 0.445/0.445/0.445/0.000 ms


Ou seja, é uma alternativa sim, mas nem os porcos comem disto. Por isso IPv4 não vai morrer, o que vai acontecer é como tem vindo a acontecer até agora: IPv4 + IPv6 ao mesmo tempo. Mas claro que o v6 vai ganhar cada vez mais peso. Nem vão deixar de ter Internet em casa. Muito basicamente, todos os operadores tem gamas de IP's atribuídos (ex: a vodafone tem a sua própria gama de IP's, logo nunca poderá usar IP's da ZON ou da MEO). Nem todos usamos ou estamos ligados à Internet ao mesmo tempo, por isso, há sempre um grande número de IP reservados não usados em qualquer altura do dia. Há IP's para todos (ainda).  E quando deixarmos de ter IP's, os operadores podem começar a distribuir IPv6 via DHCP aos modems e routers, toda a infraestrutura existente já suporta IPv6.

Bem, não quero perder mais tempo a escrever um texto que ninguém vai ler :P
Se quiserem saber mais sobre assunto, sigam este link do ARS technica.

2 comentários | Publicado por Ruben Alves @ 03/02/11 19:00

Tenho um colega meu que diz que vai tentar fazer um DDoS aqui ao site....
Tudo isto para dizer que na prática nada vai acontecer.

@stryng: vai lá buscar o teu amigo Ramzi:)



2 comentários | Publicado por Ruben Alves @ 03/02/11 14:15

Fartos do Google, Bing, Yahoo e restantes? Então continua a ler que vais gostar! Lá estava eu a ver as estatísticas deste blog (já vamos em 2 visitas médias/dia, e uma é minha!), quando reparo num nome muito estranho que andou a sondar: h-96-175.scoutjet.com. Este nome levou-me directamente aqui: http://www.scoutjet.com/.
Basicamente e resumidamente, trata-se de uma startup na silicon valey que anda a desenvolver um novo motor de busca chamado Blekko.com. Startup, sim, mas não qualquer uma! O dono da empresa (Cara-de-Geek), Richard "Rich" Skrenta já trabalhou na Commodore, Unix Labs, Sun, criou o DMOZ, Netscape, Toppix, e em Novembro 2010 lançou a primeira versão beta do Blekko. Ou seja, estamos a falar de  um gajo que consegue mastigar código binário ao pequeno almoço.
Mas mesmo um currículo bastante preenchido não é o suficiente para fazer sucesso. E claro, como não é apenas o tipo de gajo a misturar leite fresco com chocapic ao pequeno almoço, lembrou-se que poderia melhorar a forma de pesquisar na Internet simplesmente adicionando tags e opiniões dos utilizadores de forma a criar um sistema de pesquisa no qual o visitante pode ao acrescentar novas tags refinar a sua pesquisa acabando por encontrar a informação certa.
O Blekko puxa o personalização da pesquisa até ao pormenor, além das já referidas tags e colaboração de outros utilizadores, também é possível definir um determinado site como sendo spam. O qual, nunca mais irá aparecer nas pesquisas efectuadas pelo utilizador.


O único defeito (ao meu ver) deste Blekko é o facto de ser necessário tirar um mini-curso para conseguir obter resultados mesmo mesmo mesmo interessantes. Em simplicidade, rapidez e inteligência artificial o Google dá-lhe 5-0. Mas estamos a falar de uma versão beta que respira há apenas 4 meses. Como diz o meu irmão: dar a oportunidade ao produto. E é que vou fazer: blekkar aqui e ali, e talvez com o tempo o dicionário ganhe mais uma palavra.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 03/02/11 01:15

É com muito prazer que anúncio aqui o meu último projecto. Confesso que já não montava um site há algum tempo e  soube-me bem regressar à origem e construir sites. Desde do final de Janeiro foi lançado o site www.pedra-alta.com. É um projecto que já marinava há algum tempo. Mas como fazer? Tecnologias, layouts, fotos, conteúdos? Depois de uma duas tentativa falhada de integração da minha plataforma de blog (este mesmo onde estou a escrever neste momento) decidi lançar-me no fantástico mundo do Wordpress. Ora logo eu que dizia tão mal dos CMS... Bem estou rendido ao Wordpress! Não é por nada, mas é sem dúvida dos melhores content management que tive oportunidade de trabalhar (e já cá ando bem antes do PHP-NUKE).
Além de muito customizável é prático, muito prático. Tudo está muito organizado, consegue-se alterar, modificar conteúdos, inserir menus, instalar plugins, widgets... Mais do que uma plataforma de blog, Wordpress é definitivamente um grande CMS.
Relativamente ao projecto, tivemos o grande cuidado de deixar bem claro um alto nível de transparência nos produtos do restaurante, como também interligar o site com redes sociais e google maps. Sem esquecer a parte fotográfica que foi igualmente extremamente cuidada. Existem outros conteúdos "em fila de espera", mas entretanto gostaria de partilhar este novo bebé com todos aqueles que diariamente carregam no F5 à espera de actualizações minhas.



Sobre o restaurante: talvez dos melhores sítios para almoçar/jantar da zona norte. Um canto à beira mar que vale à pena ser visitado. Pratos ao um preço justo (e alguns mesmo barato), qualidade no topo, marisco fresco, funcionários simpáticos... Enfim, só tem um defeito: fica a 315 quilómetros da minha casa...

2 comentários | Publicado por Ruben Alves @ 01/02/11 23:22

  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: A tua espera

A tua espera

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons