class main AboutMe { exec(); }
Mais uma bronca das grandes. Então não é que os meninos da McAfee lançaram hoje um update (o tal 5958 que está no título deste post) com a particularidade de detectar um executável do Windows XP SP3 como sendo um falso-positivo. Basicamente, acabamos por ter um antivírus que detecta o próprio Windows como sendo um vírus (neste caso o w32/wecorl.a).
O ficheiro em questão é o svchost.exe, que é nem mais nem menos do que um dos executáveis mais importantes para o bom funcionamento de todo o sistema operativo. Resumindo, estão neste momento milhares de computadores pelo mundo fora infectados pelo próprio antivírus, na medida em que o McAfee não vai de mão leve. Sendo vírus, simplesmente remove o ficheiro do sistema, levando assim todo o sistema operativo a crashar (que palavra feia.. buh). Por isso, se tiverem o McAfee instalado, se o computador começar com BSOD, reiniciar sozinho, dificuldades em arrancar no Windows, não se preocupem, é só o antivírus a fazer das suas.
Felizmente, já saiu o 5959. Este novo DAT já exclui este falso positivo. No entanto, se o sistema operativo já tiver actualizado o update 5958, então o melhor a fazer é mesmo seguir as indicações oficiais da McAfee através deste link http://vil.nai.com/vil/5958_false.htm.

A todos os sysadmins e malta do helpdesk, se amanhã tiverem computadores com estes sintomas, podem pelo menos ter uma certeza: o antivírus funciona. Tenham um bom dia de trabalho!

Fontes:

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 22/04/10 00:20


:-/

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 20/04/10 21:20

Hoje o jornal destak (página 12) tinha um destaque à altura do bom nome do jornal. Cá para mim, ou o meninos do Jornal não perceberam que se tratava de putedo ou então são eles que se vendem por qualquer preço.


(Imagem tamanho XL)

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 19/04/10 21:42

Hoje estive a pensar e confesso que continuo sem entender algumas coisas, algumas das quais gostaria de partilhar:
  • Porquê que a massa que coze em dois minutos não tem sabor quase nenhum?
  • Porquê que a maioria dos blogs anónimos repudiam os comentários anónimos?
  • Porquê que os cafés Nicola deixaram de ter os pacotes com frases inspiradoras?
  • Porquê que há pessoas que se põem pomposas para irem a um funeral? 
  • Porquê que o futebol tem mais audiências do que qualquer outro programa televisivo?
  • Porquê que ter um escritório nas Amoreiras é chique?
  • Porquê que a vida é tão cruel para quem ganha apenas o salário mínimo (e já agora, porquê que são tantas...)?
  • Porquê que as vezes penso que vivo na república das bananas?
  • Porquê que acordei esta noite às 7 da manhã?
  • Porquê que a indiferência é pior do que o egoísmo? E já agora, porquê que ela também mata?
  • Porquê que o ser Humano, as vezes consegue ser tão cruel?
  • Porquê que deixaram-se de vender mapas de estradas (não me venham com o GPS - são coisas diferentes)?
  • Porquê que tudo tem de morrer um dia?
  • Porquê que hoje só me apetece um abraço... ?

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 18/04/10 20:58

Canção do Tempo

Para um tempo que fica
Doendo por dentro e passa por fora.
Para o tempo do vento
que é um contratempo
da nossa demora. Passam dias e noites
os meses, os anos
o segundo e a hora.
E é ao tempo presente
que a gente pergunta:
E agora? E agora?

Tempo
para pensar cada momento deste tempo.
Que cada dia é mais profundo.
E é mais tempo para inventarmos
outro tempo menos lento.
Tempo
dos nossos filhos aprenderem com mais tempo
a rapidez que tem de ser o pensamento
para nascer, para viver, para existir
e nunca mais verem o tempo fugir.

O tempo constante que a cada instante
nos passa por fora.
Este tempo candente que é como um cometa
com laivos de aurora.

É o tempo de hoje
é o tempo de ontem
é o tempo de outrora.
Mas o tempo da gente
é o tempo presente.
É agora. É agora.

Tempo
para agarrar cada momento deste tempo.
Interminável e absoluto rasgo tempo.
Intemporal como os ponteiros do minuto.

Tempo
para o relógio bater certo com a vida.´
Que um homem bom
que um homem são
que um homem forte
que da chegada conseguiu fazer partida.

E que desperta adiantado para a morte.



Como sempre, para os seguidores das RSS feeds, anexei a música aqui.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 16/04/10 00:46

  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Starway to Heaven

Starway to Heaven

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons