class main AboutMe { exec(); }
... Mas também não disseram nada... Viram o iPhone sair, viram as suas vendas baixar, o PIB da Finlândia fez-se logo mais magrinho, é uma dieta tipo Weight Watchers.
Como se não chegasse o iPhone, também veio o Android ao barulho meter mais nojo, e claro o Windows Mobile da tretinha. Com o panorama cada vez mais complicado, os meninos da Nokia acharam por bem por abrir o código fonte Symbian OS disponível em Open Source  pela licença Eclipse Public License. Mas pelos vistos, a vida está mesmo complicada para os lados da Nokia. Quem é que compra um Nokia por 500 euros, se por este preço pode ter um iPhone? Bem, pouca gente mesmo. Os Nokia, ainda valem à pena, sim claro que sim. Mas são aqueles baratinhos de 50 ou 100 euros. Com isto a Nokia está no lodo. Por isso, lembraram-se de algumas patentes que tinha registado e pimba, toca a processar a sua amiguinha Apple. Ao que parece, o iPhone usa tecnologia patenteada pela Nokia. Por isso, dia 22 de Outubro até fizeram uma press-release sobre o assunto. Com sorte, o processo ainda vai safar a Nokia do desastre.

Com o azimute sempre apontado na Finlândia, hoje saiu outra notícia, sobre outra vez as patentes da Nokia. E mais uma vez, é a Apple que  vai levar na boca. Pois, estão a tentar patentear o Multitouch screen. Ou seja isto:



É estranho como isto recorda-me o iPhone/iTouch... O problema, é que se isto for para a frente, toda esta tecnologia fica nas mãos da Nokia. Nota, esta patente  inclui uma novidade: Multitouch screen 3D. Ou seja, 3 eixos: x, y e z (onde o z é a pressão aplicada no ecrã). Vamos la ver em quê que isto vai dar... Estes gajos e as manias das patentes...

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 27/10/09 18:53

O novo Ubuntu 9.10 está quase a sair do forno. Só mais um pouco de espera até Quinta! Vá, já estou que nem posso!


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 27/10/09 18:43

Aproveito o meu momento de bloguismo para partilhar com os meus queridos e fofos leitores um grupo que conheci há dias. Tratam-se dos Empire of the Sun. Vieram directamente da Austrália, e a música que apresento hoje veio do album Walking on a Dream de 2008 (pois, já lá vão alguns meses... É preciso ver que a Austrália não fica logo à seguir a Ranholas) e chama-se We Are The People.
É nem mais nem menos do que um bom som electrónico, uma onda calminha sem grande profundidade nas letras. Mas o que faz a grande diferença, é sem dúvida a viagem que percorro quando a oiço (sim, geralmente as minhas músicas do mês não passam disso...).
Convido desde já os leitores deste texto em construir a sua própria viagem ao som desta música, e já agora aproveitarem para descobrir o álbum Walking on a Dream.

Como sempre, aqui deixo um miminho para todos vós.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 26/10/09 22:01

Pssss, foi ontem :P
Sim, ontem a minha família e eu (juntamente com mais 2 famílias) acabamos de inaugurar o programa Último Passageiro na RTP.
As filmagens foram feitas um pouco às escondidas na última terça-feira em Alcochete num lugar secreto. Resumo do dia? Pouco há para dizer. Sinceramente é um programa francamente lamechas, não tem assim grande interesse a não ser as fabulosas pernas da Sílvia Alberto. É um programa familiar, com jogos para a família toda dos 7 aos 77 anos. É uma espécie de jogos sem fronteiras mas sem vaquinhas e piscinas. Também não há gajas nuas (só mesmo as pernas da Sílvia Alberto), perguntas difíceis de cultura geral, ou algo que possa suscitar algum interesse (só mesmo as pernas da Sílvia Alberto).
É um programa simples, de divertimento, para pessoas que não querem pensar muito ao domingo à noite. Um momento da semana ideal  para ver as pernas da Sílvia Alberto.
Pronto, já repararam que gostei especialmente das pernas de (pronto já chega), pois, nem a achei nada de especial, há apresentadoras mais giras e mais bem feitas, agora verdade seja dita, ela tem as pernas mais perfeitas que algumas vez vi. E só por isso vale a pena cruzar-se com ela (convém é ser nesta altura, porque tal como os simples mortais, há de ficar velha e cheia de rugas). Mas é sem dúvidas um monumento de mulher...


As sprinters Kitadas e azeiteiras só mesmo para o programa.

Enfim, sobre o programa, é como digo, os melhores momentos nem chegaram a ser filmados. Criou-se um excelente ambiente entre a equipa verde e a nossa, os azuis eram os meninos chics. Não queriam confusões nem misturas. Devia ser a natinha dos queques là de Vizela. Enfim, tirando o escândalo do prémio vencedor (um fantástico fim de semana prolongado numa fantástica pousada da juventude) correu tudo bem. Pouco há a dizer, tirando o facto de ter sido uma experiência divertida, diferente na qual deu para rir-nos à grande.

Eu até escrevia mais sobre o programa... Mas de facto há tão pouco para dizer, que mais vale estar calado.








(aie, aquelas pernas da Sílvia Alberto!)

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 26/10/09 21:10

"Conta só contigo só para tirar-te da merda na qual estás.
Mas é na merda que verás quem se preocupa contigo.
"

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 26/10/09 20:27

Finalmente tenho a minha Aerox montada e a trabalhar em Lisboa. Hoje foi dia de estreia... Acreditem ou não, comprei a scooter em 1997, e nunca,  nunca tive um único problema com a polícia. Sou um condutor responsável, atento e muito prudente. O único problema da minha scooter é ter um escape cromado que faz um pouco barulho (mais do que é comum). E pronto, depois de meia hora a andar na minha zona (nos arredores de Lisboa), então não é que gentinha da treta já tinha telefonado à polícia a dizer que andavam uma mota para cima e baixo a fazer barulho? Oh pá, eu não estava propriamente a passear de facto. Andava a verificar se a bomba de água estava a refrigerar o motor, a afinação do carburador, verificar se tudo estava bem montado.
Obviamente que mal a polícia fez sinal para parar, desliguei logo a scooter e falei com eles na boa. Claro que me chatearam por causa do escape (o qual confessei que fazia barulho por causa da lã de vidro já gasta), por causa da matricula (ainda é das antigas camarárias) e da falta do papel do seguro (que infelizmente está no Porto). Resultado, terça-feira apresento os meus documentos todos - SEM MULTA.
Por isso, aos amiguinhos da minha zona, agradeço com um muito obrigado porque graças a vocês acabei de conhecer os polícias mais simpáticos (PSP) de XXXXXX, e quando/se tiver verdadeiros problemas já sei a quem telefonar.
Em relação à matricula nova da scooter, garanto que vão voltar a ver-me por aí. Não digo isso em forma de castigo para ninguém, mas também não vou deixar de viver por causa de gentinha que não suporta ver a vida a acontecer por baixo de casa.

ps: Enjoadinhos do caraças!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 17/10/09 15:40



Fico como aquela marca de óleo de girassol (ao masculino claro) quando alguém pontua as frases com um "Percebes" no fim. Terminar com um "Percebes" é um pouco como reforçar a complexidade do que acabou de ser dito e claro por em questão a minha capacidade de perceber. E claro, tenho uma amiginha que tem o furioso hábito de terminar as suas belíssimas frases com a treta de um "Percebes" no fim. Já lhe tentei dizer, mas aquilo é como um vício. É um pouco como aquelas pessoas que conseguem dizer 74 vezes a palavra "tipo" numa fase de 6 palavras, ou então tão charmoso "Tás a ver?"  Eu sei que ela não é nenhuma totó  e sei que vai conseguir deixar de usar esta construção linguística. Mas as vezes, esqueço-me e tenho medo que ela não consiga deixar-se das drogas. Alguém tem uma sugestão para ajudar a menina dos "Percebes" ?

Nota: Já pensei dar-lhe choques eléctricos, encher-lhe a boca de malaguetas ou  chicotear... Mas tenho sempre medo que ela até possa gostar. Preciso de algo ainda mais radical!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 02/10/09 01:10

Sedentário, em movimentos helicoidais, fragmentas e pulverizas o teu próprio objecto que te faz ter sentido. Vivendo a tua vida com altos e baixos, recorres a verdade comprovada que o dia de amanhã será melhor que o dia de hoje. Estás a mercê do vento e das forças da natureza, congratulando-te por seres diferente de tantos outros por teres a ousadia de desafia-la.
Não passas de uma máquina com uma mecânica rudimentar, usando o azar previsível do vento para te dar vida. Quem te ergueu sabe que nunca irás tirar os teus pés destas fundações. Vives alegre e feliz, sem conseguir ver para além daquele lindíssimo monte de trigo. Mas nada para ti interessa, sim, porque afinal, contemplas o céu a espera de um melhor vento, o qual de te fará girar, mas nunca andar.



Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 01/10/09 23:26

Ao que parece a RTP vai começar um novo jogo para famílias. Os participantes devem ter entre os 7 e os 77 anos. A parte gira é que tenho 28 e não é que a RTP já confirmou que eu e a minha família íamos mesmo entrar neste programa.
Ainda não sabemos ao certo os pormenores deste programa. Mas ao que parece no Último Passageiro, vão concorrer 3 famílias ao mesmo tempo (cerca de 60 pessoas em estúdio) cada uma com uma cor e pouco mais... Quando digo que não sabemos nada, é mesmo nada. Vamos lá ver, ainda este mês devemos ficar a saber mais detalhes sobre o programa. Até lá, só sabemos quem vai apresentar vai ser a Sílvia Alberto e o João Baião (outch!) , num programa onde irão decorrer várias provas de diferentes tipos: físicas, cultura, rapidez etc…
Não sei ao certo a figurinha que vou lá fazer. Mas para já, o casting já foi e foi divertidíssimo. O que vale é que tenho uma família e pêras!


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 01/10/09 22:31

  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Drops of a new dawn

Drops of a new dawn

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons