class main AboutMe { exec(); }

E hoje foi um dia assim... A ler e a pensar frases ditas por outros, sementes de um texto que me parecem:
"Sinto-me naquela "solidão". Qualquer pessoa que me acompanhe. Não passará de eu mesma."
Tirado da Alexa F.j.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 27/04/09 02:25

Mais uma vez deu-se nas caldas o CLP (Caldas Lan Party), sendo um dos organizadores o Adriano Afonso não pude evitar que o meu passeio do fim de semana fosse pela região do oeste. Mais uma vez, e apesar de não ter corrido nenhum jogo, adorei a Lan. Estive a ajudar a organização na parte da rede e do servidor de saída para Internet com o Carlos Gonçalves (outro membro do Planetgeek). Da Lan em si, não posso dizer nada ou pouco. Para ser sincero, estive completamente fora dos acontecimentos, dos jogos e torneios. Só sei que passamos um dia excelente a tentar perceber e arranjar os variadíssimos problemas inerentes das Lan. Valeu muito à pena penso que saímos de la com um maior e melhor conhecimento sobre o assunto, agora vem a LPM na Moita, mas desta vez tenho outros planos para o próximo fim de semana.




Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 26/04/09 16:46

Então não é que agora, la por ser primeiro ministro um gajo já não pode dizer o que toda gente pensa? Nem quis acreditar que a Senhora Manuela Moura Guedes diz que vai processar o José Sócrates por difamação, supostamente por sentir-se ofendida por frases tão verdadeiras e cruas como:
  • "Aquilo não é um telejornal, é uma caça ao homem"
  • "travestido" (referindo-se ao telejornal da TVI)
  • "de ódio e perseguição" referindo-se ao telejornal da TVI)
Não é por nada, mas o J.S. pode ser tudo o que quiserem chamar, mas a verdade é que o homem tem razão quando diz o que diz acerca do telejornal da TVI. Não tenho nada contra quem veja ou mesmo para quem até possa gostar do estilo Comedia Trágica do jornal da TVI - gostos são gostos. Mas há muito tempo que deixei de ver este momento totalmente dispensável da televisão nacional.
No entanto, gostei de ver no fantástico site da TVI 24 uma referência as opiniões das pessoas do Twitter. Ao bom estilo da TVI, só realmente mostram o que querem que as pessoas vejam. De qualquer modo, aqui a ideia deste texto não é defender ou enterrar o PM, porque mais uma vez - gostos são gostos.
No entanto, insurjo-me contra a MMG, porque de facto o telejornal da TVI é uma fantuchada, e se ela realmente for em frente com esta coisa de processar o PM, então talvez deveria pensar em processar a TVI por prestar um mau serviço de socialização público. Sim porque afinal, gostos são gostos... E não é por nunca podermos agradar a gregos e troianos que devemos ou podemos refutar a realidade, quando, de facto ela consegue ser expressa tão nitidamente.



1 comentário | Publicado por Ruben Alves @ 23/04/09 23:03

La estava eu quase a acabar o texto anterior, quando por inadvertência fechei a "tab" (separador) do Firefox. Infelizmente não era a primeira vez. Mas por um milagre qualquer, ligado de uma forma ou de outra ao meu elevadissmo QI, lembrei-me que talvez o Firefox tivesse uma funcionalidade que permitisse fazer um "undo" deste desastre anti-criativo. E existe mesmo! Por isso, meus caros amiginhos, podem fechar os separadores à vontade, o Firefox recupera tudo (até o conteúdo que estava dentro das textfields).
Firefox and Open Closed Tab in Portuguese

Não sei desde quando é que o Firefox faz isso, mas estou tão feliz-contente pelo sucedido que decidi partilhar isto com o Mundo :-P

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 23/04/09 22:24

Mr.Fusion, a evidente alusão à cultura geek do Back to The Future, parece de facto cada vez mais uma realidade. Segundo o site TG Daily, os cientistas da universidade da Califórnia conseguiram a proeza de criar combustível através de Lixo.  Basicamente usam uma mistura feita através de uma bactéria encontrada numa lixeira para conjugar com resíduos vegetais. Tal e qual como imaginou o Robert Zemeckis há 20 anos atrás, o cientista Dr. Emmett Brown produz combustível à partir de lixo encontrado na rua que permite à DeLorean viajar no tempo. Ainda longe de produzir os famosos 1.21 Gigawatts, esta descoberta, deixa no entanto sonhar numa alternativa, ao combustível fóssil actual.

mr fusion

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 23/04/09 22:10



Há dias que me sinto assim.... Tirado do xkcd.com. Já agora, para aqueles que não perceberam a geek joke, aqui vai uma dica e outra aqui. Já alguma vez referi o quanto acho genial este site?

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 22/04/09 00:00

Há dias perguntavam-me: "Qual é o melhor sistema operativo?" Para não entrar no eterno dilema Microsoft, Apple, Linux etc... Comecei a falar sobre os vários sistemas de forma global. O meu interlocutor, mostrou-se perplexo pela não simplicidade da resposta, e fez-me outra pergunta: "e tu, o que usas?". Rapidamente, disse-lhe que usava Linux no trabalho, num portátil e no Eeepc, e que ainda tinha um Pc com Windows XP. Muito intrigado, disse-me logo: "mas aquilo do Linux não é aquela coisa que não dá para jogar?". E pronto, la tentei simplificar, mas basicamente não. E não era por ter o Windows XP em casa que jogava. Alias, raramente pego neste tipo de jogos (a não ser de vez em quando o Gran Turismo 4 na Ps2).
Uma vez a conversa terminada, voltei à minha vidinha, até que no mesmo dia acabo por ver uma imagem no gossipgamers.com mostrando as comparações entre os vários motores gráficos do Unreal (Unreal Engine).

Unreal Engine Comparação

Sinceramente, deixou-me bastante pensativo sobre como os jogos de computador evoluiram. Ainda sou da época finais dos anos 80 com a Atari, depois veio a NES, gameboy, SNES etc... Onde de facto, a mudança entre os vários sistemas trazia uma verdadeira mais valia tanto a nível gráfico, sonoro como a nível de funcionalidades. Esta imagem do Unreal, deixa-me pensativo porque acabo por perguntar mas que raio de melhorias é que isto tem a não ser mudanças gráficas? Será que dá para fazer coisas que não dava nos outros Unreal mais antigos (tirando armas novas e cores diferentes)? Acho que não... Pelo menos não tenho esta ideia, nem este conhecimento. Rapidamente, chego a conclusão que não é apenas com o Unreal, mas sim com quase todos os outros jogos. Acabam por ser todos um pouco do mesmo. Apesar das fantásticas mudanças a nível visual e tecnológico, a experiência de jogo acaba por ser a mesma.
Agora pergunto, jogos do último grito para quê?

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 21/04/09 22:54

O que tem em comum o Hi5, uma casa de banho de auto-estrada e um centro comercial? Ambos são fixes e dão lugar a mil e uma ideias para textos, palavras a fio e para os mais observadores uma tese de mestrado. Hoje iremos falar sobre a magia de determinados locais para os amantes dos textos em falta de inspiração.

O Hi5 é sem dúvida dos meus preferidos. É um local opensource aberto a qualquer um, uma fonte de inspiração constante e infalível na qual deleito-me com personagens com frases feitas. Frases tão brilhantes que me fazem pensar que se Portugal está mal, é porque nadamos no meio de filósofos. Só o Hi5 para me fazer esquecer as coisas piores da vida. Nada melhor do que uma frase bunita, dois ou três vídeos, uma música a abrir ao mesmo tempo e mostrar-se fashionable. E se o perfil tiver assim duas, três fotos das últimas férias no Algarve, então temos à nossa frente uma verdadeira fonte inesgotável do Hi5. Brilhante e aconselhável.

Nota: se quiserem repetir a experiência, tentem ver os perfis dos amigos dele.

Como já disse, o Hi5 é prático e grátis. Permite escrever sobre qualquer assunto, sem ter de sair de casa. O segundo, já é mais complicado. Antes de mais, é preciso deslocar-se até a uma área de serviço na auto-estrada. Depois, é preciso ter alguma necessidade física. Mas os mais perversos, poderão deliciar-se na mesma sem nenhum motivo particular. Basta apenas fingir que vão lavar as mãos. E aí, se tiverem sorte, poderão encontrar em algumas portas da casa de banho verdadeiras pérolas, digo uma obra de arte móvel. Nada de mais inspirador para uma alma em pena encontrar frases feitas como: “Eu cago, tu cagas, ele caga, nos cagamos, vos cageis, eles cagam, e tu leste esta merda até ao fim – És um cagão.” – O artista só é quando é encontrado.

Nota: As áreas de serviço da A17 foram construídas recentemente, logo não vale a pena perderem o vosso tempo nesta zona.

Finalmente, centros comerciais. De preferência ao Sábado ou Domingo à tarde. Infelizmente não são tão propícios para encontrarem frases ou algo de jeito para ser lido. No entanto, se souberem apreciar a paisagem terão muita coisa para debater. Nada melhor do que uma praça da restauração com cheiro a fritos para ambientarem-se ao meio. Depois, tal um pescador de rio, só a paciência e o olhar afincado poderão revelar a maravilha da azelhice. Não querendo ser mauzinho, mas tentem contar os umbigos, pneus fora das jantes, número de brincos por orelha, meias fora das calças. É imperdível. Se tiverem sorte, ainda podem ver sessões fotográficas com telemóveis.

Nota
: outros locais públicos podem ser considerados. Se a vossa onda é casais e discussões, aconselho vivamente o IKEA.

Para concluir esta pequena lista de lugares para inspiração bloguista, convém referir a arte não está apenas na escolha do lugar, mas acima de tudo no olhar atento.
Dito isto, desejo-vos uma boa semana repleta de textos inspiradores e momentos únicos!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 20/04/09 02:09

"Prova de Amor: Sacrifico-te o meu Imaginário – tal como se dedicava uma cabeleira. Assim, talvez (pelo menos diz-se) eu conheça o “verdadeiro amor”. Se alguma similitude existe entre a crise de amor e a cura analítica, renuncio a quem amo, como o doente renuncia ao seu analista: liquido a minha transferência, e é assim, parece, que a cura e a crise terminam. No entanto, como se observou, esta teoria esquece que também o analista deve renunciar ao seu doente (senão a análise arrisca-se a ser interminável); assim, também o ser amado – se lhe sacrifico um Imaginário que porém o empezava – deve entrar na melancolia da sua própria decadência. E é preciso, juntamente com o meu próprio luto, prever e assumir esta melancolia do outro, e isso faz-me sofrer, pois ainda o amo.
O verdadeiro acto de luto não é sofrer com a perda do objecto amado; é constatar um dia, na pele da relação, uma leve mancha, ali colocada como sintoma de morte certa: pela primeira vez, faço mal a quem amo, certamente sem o querer, mas sem me enlouquecer."

Ideias do Antoine Compagnon, pela mão do Roland Barthes in Fragmentos de um discurso amoroso (1977)



Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 20/04/09 02:04

Até parecia ser uma brincadeira do dia das mentiras, mas não. É mesmo verdade. A princesa Sissi, procura gajos, montes de gajos, quilos de gajos e de preferência com pilinha.
A princesa bloguista, está pelos vistos a querer fazer um livrinho sobre as nossas preferências sexuais e teve o cuidado em elaborar um questionário todo bonito para partilhar com ela as nossas preferências. Talvez, o melhor seja eu apontar para os dois posts que ela escreveu sobre o assunto. Eu já preenchi o meu... E tu?

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 17/04/09 01:41

Coisas que encontro assim do nada... Hoje andei a descarregar as minhas últimas fotos (a minha máquina ficou 3 semanas em Coimbra), recordei momentos, sentimentos e sensações.



Nem me lembro ao certo porquê que tirei esta foto. Talvez pela luz, pelo acaso... Só sei que adorei ver as minhas calças sujas encostadas, com o bilhete naturalmente caído. Era como quem me chamasse para recordar-me esse dia 9 de Março. Recordo-me como se tivesse sido ontem. Recordo-me...  Ainda sinto a pressão no meu peito, a dor, o desespero, a tristeza... Esse foi o preço da porta da entrada da Saída.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 17/04/09 01:22



La está a gaja a mais de 350km de mim, e consegue desenhar coisas que penso sem lhe dizer nada...
Tirado do blog Deuses da Seiva da Eumesma (A minha filial nortenha - Um blog que aconselho mais do que vivamente!)

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 15/04/09 23:40

Existem muitas aplicações que permitem descobrir vulnerabilidades ou encontrar potenciais problemas de segurança. Mas se tivesse que escolher assim uma que fosse fácil de instalação, que conseguisse dar uma vista global rápida e eficiente, sem dúvida que escolheria o Lynis. Basicamente o Lynis permite fazer um scan completo ao sistema local (no qual tem de ter privilégios root) e faz uma auditoria automatizada do mesmo. Escrutina  o sistema por falhas de segurança em vários serviços (ex: webserver, Bind, SNMP, NTP, SSH entre outros), procura programa instalados e aponta potenciais erros ou mesmo vulnerabilidades.
No fim do curto scan, faz um pequeno resumo e aponta algumas sugestões. Obviamente, não pode substituir o olho humano, nem outras aplicações mais poderosas. Mas numa primeira abordagem num sistema no qual acabamos de ter acesso, ou num servidor deixado ao abandono, penso que é uma ferramenta que faz todo o seu sentido. E porquê que falo deste programa? Simplesmente porque dia 5 deste mês foi feito o lançamento da última versão (1.2.6). Para quem não conheça, talvez tenha alguma utilidade em dar um salto ao site oficial do projecto, para quem conheça, está na hora de actualizar a box.

Exemplo de como é que coisas marcham:

root@aioros:/home/rubenalves/programas/lynis-1.2.6# ./lynis  --auditor "Ruben Alves" -c -Q

[ Lynis 1.2.6 ]

################################################################################
 Lynis comes with ABSOLUTELY NO WARRANTY. This is free software, and you are
 welcome to redistribute it under the terms of the GNU General Public License.
 See LICENSE file for details about using this software.

 Copyright 2007-2009 - Michael Boelen, http://www.rootkit.nl/
################################################################################

[+] Initializing program
------------------------------------
  - Detecting OS...                                           [ DONE ]
  - Clearing log file (/var/log/lynis.log)...                 [ DONE ]

  ---------------------------------------------------
  Program version:           1.2.6
  Operating system:          Linux
  Operating system name:     Ubuntu
  Operating system version:  8.10
  Kernel version:            2.6.27-14-generic
  Hardware platform:         i686
  Hostname:                  localhost
  Auditor:                   Ruben Alves
  Profile:                   ./default.prf
  Log file:                  /var/log/lynis.log
  Report file:               /var/log/lynis-report.dat
  Report version:            1.0
  ---------------------------------------------------


bla bla bla...

  -[ Lynis 1.2.6 Results ]-

  Tests performed: 135
  Warnings:
  ----------------------------
   - [20:10:26] Warning: No password set on GRUB bootloader [test:BOOT-5121] [impact:M]
   - [20:12:02] Warning: Couldn't find 2 responsive nameservers [test:NETW-2705] [impact:L]
   - [20:12:05] Warning: iptables module(s) loaded, but no rules active [test:FIRE-4512] [impact:L]
   - [20:12:11] Warning: PHP option expose_php is possibly turned on, which can reveal useful information for attackers. [test:PHP-2372] [impact:M]
   - [20:12:41] Warning: No running NTP daemon or available client found [test:TIME-3104] [impact:M]

  Suggestions:
  ----------------------------
   - [20:10:26] Suggestion: Run grub-md5-crypt and create a hashed password. After that, add a line below the line saying timeout=: password --md5 [test:BOOT-5121]
   - [20:11:03] Suggestion: Install a PAM module for password strength testing like pam_cracklib [test:AUTH-9262]
   - [20:11:04] Suggestion: When possible set expire dates for all password protected accounts [test:AUTH-9282]
   - [20:12:02] Suggestion: Check your resolv.conf file and connectivity to your nameservers [test:NETW-2705]
   - [20:12:05] Suggestion: Disable iptables kernel module if not used or make sure rules are being used [test:FIRE-4512]
   - [20:12:11] Suggestion: Change the expose_php line to: expose_php = Off [test:PHP-2372]
   - [20:12:11] Suggestion: Change the allow_url_fopen line to: allow_url_fopen = no, to disable downloads via PHP [test:PHP-2376]
   - [20:12:13] Suggestion: Enable logging to an external logging host for archiving purposes and additional protection [test:LOGG-2154]
   - [20:12:40] Suggestion: Enable auditd to collect audit information [test:ACCT-9628]
   - [20:12:41] Suggestion: Check if any NTP daemon is running or a NTP client gets executed daily, to prevent big time differences and avoid problems with services like kerberos, authentication or logging differences. [test:TIME-3104]
   - [20:12:44] Suggestion: Confirm that freshclam is properly configured and keeps updating the ClamAV database [test:MALW-3286]
   - [20:12:45] Suggestion: Harden the system by removing unneeded compilers. This can decrease the chance of customized trojans, backdoors and rootkits to be compiled and installed [test:HRDN-7220]
   - [20:12:45] Suggestion: Harden the system by installing one or malware scanners to perform periodic file system scans [test:HRDN-7230]
================================================================================
  Files:
  - Test and debug information      : /var/log/lynis.log
  - Report data                     : /var/log/lynis-report.dat
================================================================================
  Hardening index : [45]     [#########           ]
================================================================================
  Lynis 1.2.6



E pronto, já tenho trabalho para hoje a noite! Aviso desde já os mais mais curiosos. Este scan foi feito ao meu portátil dentro da minha rede interna :P
Já agora, o autor desta aplicação é o Michael Boelen, nem mais nem menos do que o autor do RootKit Hunter.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 15/04/09 21:56

O carácter intemporal de certas músicas pode levar gerações posteriores a levarem as mesmas como trapos do passado. No entanto, também existem obras que além de expressar um momento passado continuam a descrever momentos intemporais com as quais facilmente nos identificamos.
Hoje, vou deixar um marco do futuro passado omnipresente. "Jane Birkin & Serge Gainsbourg - Je t'aime moi non plus".

Para os amiginhos dos RSS, aqui vai um vídeo mesmo no meio do texto.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 14/04/09 02:32

Depois anunciar no twitter a reportagem SIC/Visão sobre o Dna Root Tester, estava eu batido ontem a noite na SIC à espera de ver a dita reportagem.
Sinceramente gostei da reportagem, talvez estivesse à espera de algo mais relacionado com o lado cientifico do teste (pois, chegaram a filmar muito mais do que mostraram), e uma referência directa ao meu bebé (ver o post anterior), mas de forma global fiquei muito satisfeito pelo trabalho efectuado pela equipa da SIC que se basearam nos mapas feitos para cada um destes VIP que tiveram um relatório da análise genética.
Fiquei particularmente satisfeito por sentir que todos estavam felizes com os resultados. Menos a Naide Gomes que esperava alguma ascendência asiática (talvez a tenha, mas do lado paterno e só feito o teste materno).
Tem de facto muito interesse em ver como os fenótipos de cada um deles estava directamente relacionado com o seu passado ancestral. Sim, mesmo a Carolina Patrocínio com o seu arzinho de white Angel consegue mostrar alguns traços africanos.
Enfim, depois de meses e meses de trabalho temos algum resultado. Hoje sinto-me realizado, sinto que o meu trabalho deu frutos e que apesar dos fins de semanas, férias e noitadas o resultado final está lá. Chegamos la!
Fica para já a nota para os leitores deste site que ainda por podem comprar a Visão até à próxima semana (pois fizemos a capa da visão!). A reportagem da SIC ainda deve ser repetida na SIC NOTICIAS, mas também pode ser vista online.

Não podia entrar no fim de semana da Páscoa sem desejar a todos e todas um excelente fim de semana prolongado (para quem o tenha)!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 09/04/09 14:48

Finalmente falo do meu projecto de há vários meses. Terão certamente sentido uma baixa de produção de matérias escritas. E com motivo! Desde do mês de Novembro que tenho estado a preparar um novo bebé. Tem por nome Dna Root Tester, e como morada www.dnaroottester.com. Nasceu há cerca de dois meses, foi anunciado publicamente na última reunião da APG (Associação Portuguesa de Genealogia) há cerca de 3 semanas.

Trata-se de uma ideia totalmente inovadora em Portugal e pela qual não só tive de adaptar-me aos termos técnicos como também virou do avesso a minha forma de encarar o tempo. De facto, quando pensamos nos nossos pais, avós, bisavós, rapidamente chegamos a um limite teórico que ronda os 150 anos. Desde que entrei neste projecto, o limite do tempo ficou alterado. Quando falamos em 1.000 anos, estamos a falar de coisas muito recentes! E não estou apenas a falar em história, mas sim em antepassados! Alias, foi das coisas que mais me fascinou neste mundo da genética, foi o simples facto de conseguir completar a genealogia noutro nível, muito superior. Deixamos os nomes, deixamos histórias, cidades e idades para falar em conjunto humano no qual o nosso passado genético junta-se e cruza-se ao longo dos séculos e dos milénios.

O Dna Root Tester, é no fundo uma coisa muito simples. Com uma pequena amostra de ADN ou DNA (apesar de DNA ser um termo inglês, é o termo cientificamente correcto para referir-se ao ADN), a equipa técnica que está por trás do website consegue através da análise da amostra definir um haplogrupo. E o que é um haplogrupo? Assim, pelas minhas palavras trata-se de grupos genéticos espalhados pelo mundo, e com o qual é possível através de fosseis encontrados em todo o mundo conseguir definir uma origem e uma rota migratória ao longo dos anos. Existem haplogrupos característicos para cada canto do mundo, como por exemplo R1b1b2, R2, T2, Ub5, E1b1b1b. Complexo? Hum, nem por isso. Para entender o conceito, imaginem uma árvore com ramificações. Os troncos mais grossos são as letras principais (ex: R), que vai dividindo-se em ramificações mais pequenas (ex: R1/R2, R1b1b2/R1b1b2g etc…). O mais interessante, é quando começamos a recuar cada vez mais no tempo nas ramificações mais antigas e acabamos rapidamente por chegar a conclusão que todas estas letras fazem parte do mesmo tronco. Com esta última dedução, rapidamente começamos a pensar no conceito de raça. Geneticamente só existe uma raça, porque não partilhamos apenas a mesma cor de sangue, mas sim e nisso a ciência é formal, todos partilhamos as mesmas origens. O nosso passado genético corre nas nossas veias, o qual foi e será transmitido ao longo das várias gerações. Inteirar-se destes conceitos remete um pouco o conceito da vida no seu lugar. Muito mais do que um simples projecto Web e gráfico, o Dna Root Tester permitiu-me olhar para a Vida como um conjunto global, uma evolução temporal humana na qual acabamos por ser uma pequena e minúscula parcela deste processo.

Para terminar este texto que já se torna comprido, gostaria de agradecer publicamente à responsável do projecto a Prof. Maria do Carmo Fonseca da Faculdade de Medicina de Lisboa e do Instituto de Medicina Molecular que apesar de ser provavelmente um dos nomes mais conhecidos do panorama científico nacional sempre teve a humildade para ouvir-me disparatar com ideias novas. Também não posso esquecer a Prof. Alexandra Rosa da Universidade da Madeira sem a qual este projecto nunca teria sido o que é. Gostaria também de agradecer à parceria com a Ray Gun que rapidamente conseguiram safar-me de um pneu furado apresentado um design muito além das minhas expectativas. Não posso deixar de referir a equipa técnica da GenoMed, a equipa da Alojamentona.net pelo fantástico trabalho de preparação e claro às pessoas que me aconselharam, ajudaram e apoiaram-me neste longo projecto (em especial à S.(k) e ao pessoal do planetgeek.org).

Está agora na hora para mim de afastar-me desde bebé, espero que tudo corra pelo melhor e que ele tenha uma vida recheada de muito trabalho, descobertas cientificas e que permita a outros, tal como me permitiu a mim, ver um pouco mais além de uma simples referência genética.

Página inicial do dnaroottester.com


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 08/04/09 02:56

Escrevo e apago,
Apago sem apagar,
Apagar as marcas,
Marcas com passado,
Passado sem presente,
Presente ausente,
Ausência sentida,
Sentir a tua sombra,
Sombra do teu amor,
Amor dos nossos momentos,
Momentos sem tempo,
Tempo sem dias,
Dias sem luz a pensar no escuro,
Escuro …

E se tudo ficasse escuro, então só queria ficar com a tua luz,

Por isso escrevo,
Escrevo e apago…

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 07/04/09 23:38



Hoje descobri isso, vá la agora, já não espaço para dúvidas!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 02/04/09 23:32

Hoje vou revelar um grande segredo. Pois, já todos sabem o que penso sobre muita coisa, mas poucos sabem ou pelo menos nem fazem ideia do meu cheiro. Hoje, por desespero, venho quebrar a magia revelando ao público o nome do meu perfume que já me segue desde de 2005. Chama-se Dunhill for Man. É uma fragrancia um pouco especial porque não faz parte do grande circuito comercial (Ck one, Acqua Di Giò, Lacoste, etc...).
Fartinho, é o que estou! Já ando à procura do meu perfume há mais de mês e meio, e nada feito. Impossível de lhe por mão!  Por isso, se alguém conhecer uma loja que tenha o Dunhill à venda na grande Lisboa que o faça saber.



Beijinhos e abraços!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 02/04/09 23:27

Ora bem, depois de oferecer um iPod personalizado à rainha Elizabeth de Inglaterra, o casal Obama continua a sua peregrinação pelo mundo segundo para a Rússia e posteriormente a China.

A visita do Obama à Inglaterra, foi de facto um marco na forma como se fazem as visitas oficiais. Vez de flores, chocolates ou bordados locais, temos finalmente um presidente que distribui produtos nacionais como iPod's. Talvez possamos esperar que o Dmitri Medvedev receba um iPhone Gold e que Hu Jintao receba uma Xbox 360.

Na realidade, Obama, mais uma vez consegue inovar na forma como aparece em público, não só pelo que diz, mas pelo que faz. Sem dúvida, que não há melhor publicidade possível para marcas Americanas do que o este tipo de campanhas publicitárias.

Obama - Olé Olé!
Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 02/04/09 23:10

  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Morosidade Urbana

Morosidade Urbana

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons