class main AboutMe { exec(); }
Hoje de manhã nas minhas leituras matinais (leia-se: Super Global Notícias), confesso que não memorizei grande coisa. Só mesmo aquela história de um presidente qualquer de um país bem longe do nosso que anda a distribuir viagra para os seus vassalos. Motivo: melhorar a qualidade de vida! Ora isso é que é! Nada melhor do que dar aos velhotes um pouco de viagra para ficarem bem agarradinhos ao produto e depois comprarem.. Sem falar dos velhotes com problemas cardíacos, estes então morrem antes de terminar a caixa de comprimidos. Pelos vistos, nem esta notícia teve impacto suficiente para despertar o factor memória, mas no meio de tantos problemas de solidão policial, tiros, facadas, ameaças, drogas, assaltos, brincadeiras de mau gosto e outras notícias que põem qualquer navegante de transportes públicos num estádio de ânimo totalmente lastimável; talvez aquela treta do viagra não fosse a melhor notícia, mas no entanto revelou-se a menos pior...

(Tirando o facto que a Amy Vinho da Casa vai divorciar, mas isso qualquer pessoa com clarividência poderia ter previsto. Alias, este é o tipo de notícia que é tão provável, que mesmo se fosse mentira, não custava mesmo nada acreditar.)

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 30/04/08 09:41

Nas guerras dos SO (sistemas operativos), não é preciso ser grande expert, para ver que quem manda é sem dúvida a Microsoft com os seus XP's e Vista's. No entanto, o grande regresso dos Mac com o iMac (há uns largos anos atrás), mostrou que um computador não era só um computador e que podia tornar-se algo de mais Sexy. Hoje com os novos Macintosh, são de facto a bomba sexual dos computadores e trazem sem dúvida uma grande mais valia aos seus donos. Mas qual delas? Na teoria, um Mac tem um sistema operativo chamado OS-x baseado no sistema operativo Unix. Recordo que o Linux foi em seu tempo baseado no conceito do Unix, logo muitos comandos e programas são idênticos. No entanto, as aplicações e o modelo gráfico é bem diferente do Linux.
Conjugando um design muito próprio, um sistema operativo semi-próprio, os Mac criam uma nova tendência, um novo grupo elitista com computadores acima dos 2000€ (apesar da existência dos baratuchos que rondam os 1000 e tal euros). O conceito Mac, está em todo lado, televisão, cinema, jornais. Todos falamos em iPod, iPhone, iMac, iTunes... Estes objectos criam na nossa mente um padrão, um estilo bem próprio, único. Ter um  iPod é sexy, mas ter um iPhone, ainda é super sexy. Ter a gama toda, é ser supra-fashion.
Para ser honesto, já tive nas mãos vários Mac, desde das versões anteriores (os9) à nova Leopard. A grande diferença é sem dúvida a usabilidade do sistema operativo, a forma como nos sentimos em frente a Mac é totalmente diferente do que quando trabalhamos num Linux ou num Windows. Parece que todo o nosso Ser pensa “a-la-mac style”. É francamente bem conseguido! Até dava vontade de ter um. No entanto, se pensar a frio, continuo a achar que o Linux faz mais o estilo a nível de computador pessoal (não estou a falar a nível profissional, visto já ter demonstrado que sou totalmente agnóstico sobre esse assunto).Linux enquadra-se num padrão diferente do Mac. Enquanto que este último é um vistoso gabarolas, o Linux é mais undercover geek. Free spirit in Mind style. E o tipo de sistema que permite tudo, desde que saibamos como o fazer. Talvez chato pela falta de automatismos, o que o torna as vezes demasiadamente elitista, os Howtos ainda são os melhores amigos de qualquer amante de Linux. Claro, ainda existem os BSD's, SOLARIS e outros amiginhos, no entanto, são todos tipo Linux, mas ainda mais geeks.
Noutros campeonatos compete a Microsoft com um estilo All-in-one, para tudo e todos. Sem grande estilo próprio, é um sistema comum, que se adapta supostamente em todo o tipo de computador, funciona em todo lado.
É se quiserem para mim o Windows um autorádio Kenwood num 2cv com tracção às 4, dá para ouvir música com qualidade, em qualquer lado mas com uma fiabilidade muito duvidosa. O Linux é um como ter um autorádio Nakamishi com subwoofer e toda a treta, mas não muito intuitivo e sem afinações montado num Porsche. Ter um Mac é ter um rádio de origem com boa qualidade montado num Toyota Prius com motor Jaguar.

Aquele Mac Book Pro era tão giro..... :)
Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 27/04/08 22:31

Estou neste momento na Moita, na Lan Party Moita.


(eu - Adriano Afonso - Bruno Amaral)
(este post tem menos de 140 caracteres :P)

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 26/04/08 21:06


O antigo vídeo foi removido do youtube. Vejam à partir do minuto 2...


De facto, não me sinto com alma revolucionária... Ou talvez um pouco ? :P
Bom feriado para todos... Eu vou me pirar... Hasta!

Prenda de fim de semana: 06-Sara.perche.ti.amo.mp3


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 25/04/08 16:01

Após o conhecido ciclo de 6 meses, a nova distribuição da Canonical acaba por sair. Em cada nova distro, um novo nome bem estranho. dos mais conhecidos: Breezy Badger, Dapper Drake, Edgy Eft, Feisty Fawn, Gutsy Gibbon e finalmente a Hardy Heron.
Tenho vindo a testar a 8.04 silenciosamente em versão beta, e mesmo com o nome beta depois da versão, confesso que fiquei extremamente surpreendido pela estabilidade, coerência e grande esforço para realmente afinar cada vez mais esta excelente Linux Distro. Mas o quê que o Hardyzinho (já me permito nomezinho e tudo...) tem de novo? Muito resumidamente actualizações de novos programas o esperadissimo Firefox 3, o muito recente Open Office 2.4, Xorg 7.3, Linux Kernel 2.6.24, Gnome 2.22 etc...
Algumas aplicações vão de facto desaparecer como o vncviewer, mas vai substituida pelo excelente Vinagre, firewall mais simplificada, novos applets, suporte nativo para o Active Directory entre outras tantas coisas boas.

Para quem não conhece ou já ouviu falar, aconselho urgentemente em fazer o download ou mandar vir os CD do Ubuntu. Para o resto, ou conhece e não gosta, ou tem e está na altura de fazer o upgrade.



features | download | upgrade | Clicar aqui se não sabes o que é Linux, nem Ubuntu


flashnews: Devido à grande quantidade de pedido, o uptime do website do Ubuntu está um pouco atribulada. Talvez seja melhor passar para a 8.04 amanhã :P




//**  EDIT 2 **/
#
# Comentário recebido  por RS
#

RS
@ 24/04/2008
Sobre a entrada "Hady.Heron.is.out!":

Porquê deixar para amanhã quando se pode fazer o download hoje...
http://darkstar.ist.utl.pt/ubuntu/releases/hardy/


enjoy :P

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 24/04/08 15:16

"Aqui há selo" é um concurso organizado pela CTT que permite à qualquer pessoa residente em Portugal, pôr a sua mente, arte e contactos em funcionamento. Objectivo: ver a sua obra a circular nos envelopes sob a forma de selo.
O concurso divide-se em várias fases:
  • 1ª FASE – PROPOSTA DE TEMAS
    Até 30 de Abril, decorre a fase de envio de temas.Os 10 temas com mais votos do público passam à 2ª fase

  • 2ª FASE – PROPOSTA DE SELOS
    De dia 1 a 19 de Maio decorre a fase de envio de selos. No fim da 2ª fase ficam apurados os 10 selos finalistas do respectivo segmento.

  • 3ª FASE – VOTAÇÃO
    Entre 20 Maio e 15 de Junho inicia-se a votação nos 10 selos finalistas.
Não só o vencedor pode ter a infeliz ideia de ganhar e habilitar-se ao prémio supremo (tirando os prémios intercalares) ao seja um fim de semana num Pousada de Portugal (+/-600 euros) como também ver a sua obra circular pelo mundo fora.

Aproveito para indicar que neste momento já decorrem as fazes iniciais de votos, onde existem várias propostas, das quais já posso destacar as minhas preferidas do Top 20: Design, Scooters Antigas, Ciência em Portugal e claro A paixão pelo Tuning! Esta última era escusada, no entanto, é importante recordar que um selo não é apenas uma simples formalidade no envio de uma carta, enquadra-se na nossa cultura, na exportação de Portugal no estrangeiro. Logo não se ponham a votar feitos malucos em temas estúpidas como Sport Lisboa e Benfica (What a shame!). Já disse o quanto não gostava de futebol não já? Caso não tivesse sido explicito nos meus textos anteriores, fica aqui a deixa: Tudo menos Futebol! hehehe
Ao meu ver, o melhor tema para "propagandar" é sem dúvida o tema da Ciência em Portugal, porque acaba por ser não só um tema que poucos Portugueses conhecem, como também um assunto que cada vez mais precisa de ser divulgado. Recordo que a investigação cientifica em Portugal está muito boa de saúde, internamente como internacionalmente e que é algo que podemos francamente valorizar porque nisso também somos mesmo bons!

Por isso, o meu voto vai para a Ciência em Portugal e o teu?

site oficial | top 20 | regulamento |

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 24/04/08 13:02

Um erro comum de um webdev é acreditar que existem logs para tudo. Felizmente, nem sempre acontece. O log por si próprio, é uma forma de gravar uma determinada informação tendo em conta o factor importância/valor crítico. Logo, não se pode mesmo loggar tudo.
E isso acontece precisamente com as Queries do MySQL que por defeito não são guardadas de forma a serem lidos pelo olho humano. Para activar o log das Queries no MySQL, basta editar o my.cnf e olhar bem para o ficheiro de configuração. Com sorte irá aparecer umas coisas que falam de logs...

# * Logging and Replication
#
# Both location gets rotated by the cronjob.
# Be aware that this log type is a performance killer.
log             = /var/log/mysql/mysql.log


Por defeito, esta opção está desligada. Basta tirar o comentário, restart MySQL e pimba camarada! Fica a injectar todas as queries no ficheiro definido.

Este hack é excelente para quem anda a fazer debugging em PHP ou qualquer outra ferramenta que faça uma ligação ao sistema de base de dados. No entanto, tal como dizem no ficheiro de configuração é muito guloso no que diz respeito ao espaço em disco e processador.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 24/04/08 11:48

Brancas como neve, as gardénias traziam a C. uma acalmia temporal sem paralelo, comparava-se a elas, via-se nelas. Pela sua leveza e simplicidade, C. não deixava de reconhecer que mantinham uma força colossal por resistir ao mistral que se fazia sentir nesta costa mediterrânea. Meio ao qual não pertenciam, C. não conseguia entender como é que estas flores de origem tropical conseguiram crescer neste meio inóspito, pareciam ter sido colocadas apenas para ela, como quem pede protecção. Comparava-se com o mistério e a beleza desta planta nascida no lugar errado, encarnava-se nas raízes, escutava cada  murmúrio e repetia-o. Admirava a forma com a qual dobravam ao soprar da brisa, sobrevivendo até a primavera para eclodir. Este milagre de origem inexplicável fascinava a C., estava como, anestesiada do mundo enquanto permanecia junto a elas. Tal como elas, C. sentia-se deslocada deste mundo. Incompreendida pelo outros, marginalizada resistia pelo seu direito a felicidade que temia encontrar no olhos de C. . Receava que apesar do sombrio dos seus olhos, R. fosse capaz de a despir pelo interior sabendo e recusando a admitir que seria a única forma que ela também teria de eclodir. C. viva no seu mundo, protegida pela sua flexibilidade em resistir ao vento, resistia ao apelo do que pudesse vir a sentir. De origem ancestral, R. era oriundo dos Rugdild, povo renegado pela sua barbaridade e força pura, que demonstraram ao longo dos tempos serem capazes de evoluir diluindo-se nas várias terras da península. Hoje em dia, os Rugdild deixaram de representar uma comunidade de guerreiros, no entanto, esquissos traços físicos ainda podiam ser encontrados na anatomia de R. . Corpulento e de peito erguido, impunha-se pelos seus traços fortes e viris. Usava da aparência para dissuadir e da sua inteligência persuadir. Filho de professora e filósofo, navegava pelo Reino em busca da verdade. Que o levou em deixar a C. durante vários anos. Mas, tal como a primavera, estava finalmente de regresso e as belas flores brancas também....

~~~

O que é feito da C.? Se alguém a encontrar, que me diga alguma coisa... (Já agora, R. não pretende esconder Ruben...)
Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 24/04/08 01:28

La estava ela, erguida como um espectro com o seu olhar superior, que uma vez lançado na multidão aglutinada neste pequeno espaço, deixava bem claro que o seu meio não era este. Vestida de preto, ar elegante, sem snobinismos ou exageros exaltava a sua aura pelo seu perfume seco e frio. Todos olhavam, mas ninguém conseguia associar à personagem uma alma realmente humana.
Era como um Ser inatingível, certamente o seu BI não tinha nome, nem data de nascimento, mas naquele momento todos se perguntavam sobre a sua existência metafísica . O único elo que a ligava ao comum dos mortais era a condensação no vidro que deixava quando o seu vulto ficava mais próximo da porta.
Ao longo do périplo, a instabilidade da viagem abalava o equilíbrio gravitacional dos que de certa forma a acompanhava. No entanto, esta característica humana parecia não afecta-la. Adicionado o calor humano que cada vez se fazia sentir, a condensação que deixava escapar ficava cada vez mais reduzida. Tal como se o tempo fizesse dela uma personagem cada vez menos humana. Próximo do fim da minha viagem, as portas abriram-se, um ruído rápido e seco ecoou pelo ar. Todos olharam, mas ela tinha desaparecido...
.... De facto ela tinha acabado de falhar um degrau do autocarro e espalhou-se mesmo em frente às amoreiras :P

Ainda perguntam porquê que estou bem disposto? :P

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 24/04/08 01:11



Faltam 3 dias para nova Ubuntu 8.04. Como sempre, podem mandar vir os CD's do ubuntu gratuitamente via shipit.ubuntu.com, ou esperar mais 3 dias para fazer o download da melhor distribuição do Linux para Desktop (sim... acho a melhor do que a Fedora)

Cartoon via: zoitz

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 21/04/08 20:59

É daqueles programas na moda. Pegaram num conceito já batido, meteram-lhe a combinação perfeita que funciona em qualquer: Gajo Sério + Enternainer. Ambos fazem grande sucesso em todo o mundo. Pelo menos nos países que tem Discovery Channel.
Mas o que me leva a escrever neste momento nem é para escrever sobre esse programa, mas sim para falar do MapJack. Uma espécie de Google Street view, mas um pouco melhor. A sua base é toda feita com Google Maps, mas o resto é feito por eles. Basta apontar para http://www.mapjack.com/ e começar a "andar" em nas 3 cidades actualmente disponíveis: San Francisco (USA), Sausalito (USA) e Chiang Mai (Tailândia). Muito sinceramente, não entendo muito bem a escolha das duas segundas... Anyway, a pinta desta aplicação web é para todo o apreciador do programa televisivo poder ver a famosa M5 Industries, inc (onde são feitas as gravações do MythBusters  aka Caçadores de Mitos). E pode-se ver o exterior das instalações, o camião que eles usam, se andarem um pouco à direita ainda vê-se a pick-up do Jamie Hyneman.



Como não sou muito conhecedor da zona de San Francisco,  apenas visitei a M5 industries e a famosa prisão de Alcatraz. p MapJack é simplesmente bem feito, rápido, sexy... Agora para pobres não Americanos que somos, o seu interesse é de facto muito diminuto. No entanto, sempre dá para brincar um pouco.

Resumindo: www.mapjack.com, seleccionar a cidade de San Francisco e finalmente colocar a morada da M5 "1268 Missouri St". (Assim evitem andarem às turras à procura do raio da morada :P)
Para quem não gosta dos Caçadores de Mitos, nem de San Francisco podem ignorar este texto :P

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 21/04/08 20:51

Já estava mortinho por escrever um texto sobre o meu novo emprego. Mas não queria fazê-lo com a cabeça quente. Mas ... Já vi que a minha primeira impressão continua a ser a mesma de hoje, mesmo após 3 semanas de trabalho continuo a adorar o meu novo job. Como é obvio não vou revelar onde estou a trabalhar, no entanto é um lugar 5 estrelas! Como já devem ter percebido, fica relativamente perto do metro (g'anda ajuda). E o que ao inicio era o ponto negativo (muito complicado para estacionar, logo tinha que ir de transportes públicos), revelou-se um ponto muito positivo. É tão fixe poder partilhar viagens, pedaços de vida, analisar pessoas, casais, comportamentos... Bem tem sido muito bom mesmo :)

Mas voltando à parte do meu trabalho, é realmente o trabalho à mestre! Não é aquele tipo de empresas onde entras as 9h00 e sais às 18h00, tudo contadinho, esmifrado. Não! Entro às 9, mas não há necessariamente uma hora para almoçar, como é obvio não se pode exagerar. Mas é tudo muito baseado na responsabilidade das pessoas. No fundo, acabamos todos por respeitar os 60 minutos, é uma equipa bastante respeitadora, na medida em que nos dão esta liberdade. Alias, quando perguntei o horário na entrevista, o meu chefe nem soube responder! Começou a fazer contas de cabeça. Pode parecer estúpido, mas achei grandioso. Há sítios onde, para ganhar um miligrama de confiança, tens de lutar meses a fio. Aqui, foi literalmente ao contrário, deram-me tudo. No entanto, tenho prazos, objectivos, há avaliação. Em soma, a relação entre os vários elementos de chefia é uma relação de confiança onde a contra partida é mesmo a produção. De certa forma proporciona um verdadeiro espírito de equipa, mas por outro lado, é exigido imenso de forma a não quebrar esta confiança. E claro, faço algo que gosto imenso, Administração de sistemas. Onde, apesar de estar em formação, já esteja inserido em projectos bastantes interessantes como gestão de vários projectos web, implementação de um servidor NAS, integração de software...

Depois de tudo isto, existe os extras
.. Extras que de facto não são negligíveis como por exemplo:
  • Refeitório aka - Cantina. Pouco mais de 3€ por refeição: pão, prato, sopa, sobremesa, saladas ao desejo do freguês...
  • Vários cafés e  cafetarias.  Uma deles está no topo do edifício, com uma esplanada brutalissima com uma vista deslumbrante para a cidade de Lisboa.
  • Um cadeira muito confortável.
  • Um poderoso Dual Core com monitor 20 polegadas, nunca o Linux foi tão rápido :P (já ouvi rumores sobre um portátil ASUS).
  • Last but not least: mais de 300 pessoas à trabalhar e 80% são mulheres... 

Tudo ajuda para o meu felicidrómetro.. Até o meu trabalho :)

Bom fim de semana para todos!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 18/04/08 23:04

Apesar de não gostar de falar de coisas geograficamente limitadas, acontece que desde da semana passada encontro-me com algo de incrível no panorama “pedintorial” Lisboeta!
Talvez alguém que usa os transportes públicos, certamente terá reparado na entrada do metro no M. de Pombal na figura mais caricata das personagens ambulantes e deambulantes do submundo dos transportes colectivos.
Como todos sabemos, quando infelizmente se chega ao limiar da pobreza, sem casa, sem ajudas, sem nada, só sobra uma única saída possível: o peditório público.
Desde de pequeno que me recordo dos “Clochards”, dos pedintes na zona da Praça da República, rua dos Almadas, Ribeira do Porto, Alfândega, largo de S. Domingos etc... Alias, em New-York la estavam eles também, Espanha, Inglaterra etc... Em todos os países mais ou menos desenvolvidos há pedintes (menos em Cuba, não por não ser desenvolvido, mas sim porque simplesmente não existe pedintes em Cuba...). E todos eles, independentemente da zona tem algo em comum: “Dizem" que são pedintes, e “o trabalho” deles é pedir dinheiro às pessoas, seja por misericórdia, piedade, ou porque fazem truques de bypass com música, animais, etc...  Rapidamente, com a aparição das novas comunidades da Europa de leste, temos vindo a receber mais pessoas que também precisam de pedir para sobreviver. Então encontramos facilmente os Romenos, Húngaros, Croatas entre outros com anúncios de peditório escritos em Português (claro... Não ia estar escrito em cirílico, já que para muitos de nós o próprio Português é complicado, quanto mais outras línguas).
- E porquê que estes anúncios estão escritos? (Pergunto eu de forma muito estúpida e vazia... )
- Porque ... não sabem falar em Português! (Ora boa resposta!)

Pois é, escrevem (ou alguém escreve por eles) por não sabem falar! E agora voltando à minha amiga do M. de Pombal. Tudo começou talvez na quinta passada, quando agarrado ao meu “Global Notícias” (já disse, dos jornais à borlix é o menos pior. Tirando o Sexta, que até tem qualidade..), e ia entrar no Metro ao som dos “Au Revoir Simone”, e deparo-me com uma senhora sentada no lado direito das escadarias do metro, manipulado com alguma delicadeza folhas de jornais. Caí em mim. Fiquei parado no tempo, achei tão triste, senti-me mesmo tão mal. Não porque a senhora metia pena, mas sim porque tinha acabado de receber o meu jornal que ia acompanhar-me durante cerca de 5 minutos e depois iria abandoná-lo selvagemente  nos detritos quaisquer de uma estação de metro. Veio-me logo a mente o seguinte pensamento (o motivo pelo qual senti-me tão mal...):

- Ora merda... A vida é mesma fodida, ora bem, tens aqui dois usos distintos do mesmo objecto, eu que o vou ler, consumir, olhar de cima, insultar e deitar fora, e ela que não o vai ler, mas não o deita fora. Vai guarda-lo porque dá-lhe jeito...

À séria que fiquei chocado pela diferença dos mundos. Não é que eu seja alguém de fora  ou extraordinário deste mundo, alias, somos imensos todos os dias a fazer o mesmo. A problemática não está em mim, por ser x ou y, mas sim no conceito do mesmo objecto ter uma função informativa para uma classe populacional, e para outra já tem uma objectivo funcional.

Tudo isto pensado em poucos segundos, tipo, pif paf bim bam boum tá pensado... E enquanto olhava para a senhora, observava o uso que ela dava ao papel, e sentia-me triste... Um pouco ao lado, estava ao lado dela um anúncio (aqueles anúncios à Húngaro para quem não sabe falar...) que dizia assim: “ POR FAVOR AJUDEM-ME
e por baixo, tinha um papel colado por cima do anúncio que dizia entre parêntesis : ”SOU PORTUGUESA

......

Nunca tive tanta vontade de tirar uma foto à um pedinte, foi brilhante aquela do “sou portuguesa”, como se essa treta fosse importante para quem dá... Alias, é altamente discriminatório para os outros. É do género: “mas o quê que ela dizer com isso? Por ser portuguesa tem direito à uma esmola maior?” E depois dá-se ao luxo de ficar a espera que o seu cartaz publicitário rendesse dinheiro...
Sinceramente... “Eu sou Portuguesa”... Era mesmo escusado. Alias, se não tivesse nada escrito, ainda teria sido capaz de lhe dar uma moedinha, fiquei mesmo fodido em nome dos pedintes Bósnios, Croatas e Sérbios! 
Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 18/04/08 20:17

Há dias quantificava a minha felicidade através do felicidrómetro, e é verdade que tenho andando mesmo bem disposto. Até era relativamente comum responder "Sim, está tudo bem" quando na realidade até estava, mas não me sentia com a alma positiva, ou não estava mesmo bem. Mas quem quer saber do mal dos outros? Por isso, la ia às minhas sessões de prospecção interna comigo próprio... Inesperadamente, mudei várias "coisinhas" na minha vida que me valeram uma explosão de harmonia e bem estar generalizado. Já agora, aproveito para dizer à minha mãezinha que tenho andando a comer bem, que o peixe tem-me feito muito bem :P Talvez esta coisa da felicidade seja por causa da treta do peixe.... Ou não... Honestamente, acho que é um conjunto de factores. Faz-me bem andar, aprender, ver... Cada dia que passa tem sido como um renascer diário. Acho que este estado de alma tem sido involuntariamente transcrito neste meu espaço. Sinto-me francamente bem, com às rotações a bater nas 37,234 rpm, mais rápido que o tornado de Santarém, remodelado à-la Chip Foose (eh pa... esta última é fatelosa...)... Os meus "habitués" sabem perfeitamente que passei por não um, mas sim dois maus momentos desde do início deste projecto, e talvez mais do que nunca, hoje sinto-me explosivo.
Até ando mais inspirado, digo mais palermices, invento mais palavras, mas o mais melhor bom desta festa é que tenho vontade de partilhar esta coisa do bem-humorado! Digo "olá", "resto de um bom dia", "obrigado", "até amanha" com outro dinamismo, e vejo perfeitamente que às pessoas olhem e agradecem de forma diferente. Esta merda de ser bem disposto é mesmo contagioso! Mouhahahaha
Hoje, até fiz uma coisa que ainda há bem pouco tempo não teria feito... Fui dar sangue. Não é que seja alérgico às seringas, mas pensava sempre no transtorno que era, é chato, tenho de esperar, dar sangue para quê e para quem, bla bla bla.... E hoje, estava la equipa de vampiros do IPS (Instituto Português do Sangue), e perdi a cabeça, não porque queria esvaziar-me do meu sangue, mas sim porque apetecia-me fazer algo em prol da sociedade "dar" alguma coisa de concreto à sociedade, sentir que estava a ajudar alguém... Pode parecer estúpido, egocêntrico mas estou bem borrifando-me para isso, fiz porque quis e senti-me bem (apesar de ter ficado um pouco dorido). E no próximo dia 17 de Maio la estarei eu a correr na maratona Terry Fox... Enquanto melhor estou, melhor fico... Não só é contagioso para os outros, como também é para mim...
Malta! Tentem ser bem-dispostos para incrementar valores no felicidrómetro, resulta mesmo....

Já agora, deixo o URL com as próximas paragens da equipa de vampiros do IPS no Porto e Lisboa, aos restantes visitantes do resto do país, não me chamem de regionalista, mas há tantas equipas (1 por distrito) que estar a  enumerá-las a todas era sujeitar-me a ganhar o primeiro prémio da escrita criativa (ver um ou dois textos abaixo) :P


xmms: Silhouette - Mike Oldfield Music Of The Spheres (2008)

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 15/04/08 23:05

Finalmente! Depois da FOX estar no penúltimo episódio da série, a RTP vai finalmente por no ar a série Californication. Já em Novembro falava-vos desta fantástica série absolutamente incrível! Agora ninguém pode faltar à talvez melhor série do ano (ao meu ver bem melhor que Heroes e Prison Break) equiparando-se talvez ao House. É picante, sexualmente alucinante, encantador, com humor de 1º, 2º, 3º até ao quinto ou sexto grau. Se tiverem algo para fazer nas próximas 11 segundas-feiras à noite, podem desmarcar tudo, porque às 23h10 vai dar Californication na RTP2!



Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 15/04/08 21:14

Chama-se Jessica, Jessica Hagy, é talvez blogosefericamente conhecida, não por ser um freak qualquer, mas sim pelo seu talento e grande sentido de humor! Foi com todo o mérito considerada dona do top 25 dos melhores blogs pela Time's online. Não só tem sucesso no seu blog, como também nos negócios onde vende o seu livro com sucesso em vários sites.
Esta breve introdução, não serve de nada a não ser apresentar o Indexed, porque na realidade o que interessa é a ideia por trás do desenho, onde muitas das vezes a imagem vale muito mais do que 1000 palavras... E hoje, senti exactamente isso... Alias, não deve se deve passar nenhuma semana sem que pense nisso....



fonte: http://indexed.blogspot.com/2008/04/happy-monday.html
Um bom site para se ter nos favoritos/RSS...

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 15/04/08 20:47

Apesar das minhas 5 pageviews diarias, das quais 4 são minhas, espero que o meu fiel leitor cheio de glamourismo e sensualidade (sim, os meus leitores são sexy :-P) possa reter esta informação que vou tentar ajudar a espalhar pela Internet Portuguesa fora. O site MuioMuio do Mário Andrade está neste momento a promover um concurso de escrita criativa, com prémios aliciantes:

1º Lugar
  • Assinaturas anuais, á escolha do vencedor para 3 das seguintes revistas: T3, O Mundo da Fotografia Digital, Windows Vista Revista Oficial, BGamer, Maxi Consolas e PSM3.
  • Assinaturas anuais para o Themes Club cortesia do Tung Do. No Themes Club estão garantidos ter acesso a 12 wordpress themes premium por ano.
  • Alojamento web HS G1 e um dominio domínio .com; .net; .org; .info ou .biz pelo período de 1 ano, cortesia da WebHS.
  • Publicidade no blog 2 Magic Minds. Botão 125×125
  • Um botão 125×125 no MUIOMUIO pelo período de 30 dias

2º Lugar

  • Alojamento WT Basic mais domínio .info durante 1 ano, oferta WebTuga Hosting
  • Assinaturas anuais para o Themes Club cortesia do Tung Do. No Themes Club estão garantidos ter acesso a 12 Wordpress Premium Themes por ano.
  • Uma cópia da ultima actualização do SEO Book de Aaron Wall

3º Lugar

  • Alojamento de 150Mb com 10Gb de tráfego mensal com domínio (nome do blog).forunsbb.com durante 1 ano e sem publicidade, após o qual pode ser negociada a renovação. Oferecidos pela LinksPT em parceria com o Rui Cruz We(B)log
  • Um botão 125×125 durante 1 mês no blog kanhas.com e a publicação de um artigo promocional.
  • Assinaturas anuais para o Themes Club cortesia do Tung Do. No Themes Club estão garantidos ter acesso a 12 Wordpress Premium Themes por ano.
~~~~~

Ok, não é comparável aos 25 dias loucos do Jumbo mas até vale à pena. Nem que seja para dizer que ganhaste o primeiro lugar :P Mais informação no site do concurso onde quase qualquer um pode participar (pois, basta ter um Blog) em: http://muiomuio.net/concurso-escrita-criativa/

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 15/04/08 16:54

Há umas semanas atrás vi um anúncio de emprego totalmente surrealista. Tive para escrever logo sobre isso, mas naquela altura não estava com pica para tal. Alguém se recorda do meu texto sobre as ofertas de emprego em Portugal no ramo das TI? Bem, esse não é nada inventado, é mesmo totalmente autêntico! heheheh, aqui vai:


Programador PHP com perfil de Webdesigner - URGENTE (M/F)

A Perfil Comunicação, empenhada em aumentar a sua carteira de Clientes, encontra-se a recrutar um Programador PHP com capacidades de design gráfico para a Web, em regime de full-time para um contrato inicial com a duração de 3 meses.

Descrição da Função:

  • Conhecimentos de programação PHP e articulação com bases de dados mySQL;
  • Apoio na realização de trabalhos de web design e design gráfico;
  • Criação de sites de origem e/ou com base em templates;
  • Actualização e gestão de conteúdos.

Perfil do Candidato:

  • Idade compreendida entre os 17 e os 35 anos;
  • Disponibilidade para full-time no concelho de Oeiras;
  • Formação ou experiência comprovada nas funções anteriormente descritas;
  • Dinâmico, independente, proactivo, com espírito de equipa e responsável;
  • Conhecimentos de Dreamweaver, Photoshop e Flash;
  • Conhecimentos de linguagens HTML, PHP e JavaScript e articulação com mySQL.

Oferecemos:

  • Remuneração mensal bruta de 435,00 EUR;
  • Subsídio de Alimentação 4,55 EUR diários;
  • Possibilidade de renovação do contrato e continuidade na empresa.
  • Ambiente acolhedor e dinâmico para o desenvolvimento de trabalhos.
~~~~

Basicamente querem um gajo que faça: design, layouts, programação em PHP com MySQL, e que saiba escrever de forma a poder escrever/alterar conteúdos. Tem de ter no máximo 35 anos, sim porque 435 euros brutos é um salário mesmo atractivo para quem tenha 34 anos e meio. Ainda por cima é full-time, logo não se pode ter outro part-time para ajudar a completar o fim do mês. Claro que no meio de tudo isto, tem de ser proactivo com espírito de equipa, responsável, tem de saber 1001 coisas e é pago uma com uns míseros 435 euro mensais BRUTOS (brutos mesmo....)! Com sorte, ainda é tudo por recibos verdes.
Mas bom, ainda temos os 4,55€ de subsídio de alimentação, com possibilidade de renovar o contrato (que aliciante...), o super ambiente de trabalho acolhedor e dinâmico (deve ser de um dinamismo alucinante... Se todos tiverem este super ordenado, devem mesmo ser super feliz da vida...) Tudo isto para dizer que esta gente é doida! Por este preço, vou trabalhar no Mc Donalds, pagam-me o mesmo, não preciso de me chatear com clientes, dores de cabeça com design ou programação, tenho o meu ordenadozinho prontinho no fim do mês sem grandes problemas. E mais, não só tenho o subsidio de alimentação como também dão-me almoço ou jantar...

Quando é que esta gente vai perceber que para ter um gajo que percebe tem de receber por isso? É que com estes valores da caca, estão a matar o mercado e a qualidade dos profissionais. A pergunta lógica é: porque estudar e aprender coisas novas se acabo por receber o mesmo que o gajo que frita batatas? Sem ofensa a quem trabalha em cadeias de Fast-food (eu também já trabalhei quando tinha 17/18 anos, por isso sei do que falo...). Mais vale terminar o 12º (ou nem por isso..) e meter-me já na vida activa! 435 euros BRUTOS!! É que são brutos, não são líquidos! Brutos (com todas  as letras...).

Mas também com a pinta da empresa, com o sitezinho deles todo feito em Dreamweaver, a sua mega carteira de clientes, algo de surpreendente no bom sentido seria de admirar...

Oferta de emprego original: no Carga de Trabalhos
E aqui fica a captura de ecrã para posteridade...

E claro, não podia faltar... (Tirado de: Astérix o Gladiador)



   Tradução:
  •  São escravos?
  • Ah não! São sócios... Fui eu que escrevi o contrato associação e eles não o leram muito bem antes de assinar. Eu sou o  responsável da empresa ...



Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 13/04/08 19:30

Apenas com 2 álbums lançados: Raggasonic (1995) e Raggasonic 2 (1997), os autores do mesmo nome, continuam não só com músicas na actualidade como também mostram como a situação social na região parisiense há 13 anos atrás. É com grande prazer que deixo aqui o meu memo aos Raggasonic Featuring NTM (outra excelente banda!) com o Aiguisé Comme une Lame.


No mesmo estilo também existe Faut pas me prendre pour un âne e Bleu Branc Rouge.

Bom domingo para todos! O meu está a ser muito Raggastyle :P

ps:Já agora, por falar em música, amanha sai finalmente o novo album dos Portishead - Third

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 13/04/08 16:51

Este mês, é o mês do movimento anti-tuganês. Com ele quero mostrar que não somos assim tão deploráveis quanto isso. Esta semana sairam vários artigos sobre x ou y com feitos notórios tanto a nível nacional como internacional. Mas estava no metro e não tive nem oportunidade nem "material" para poder escrever algo sobre isso.
Hoje, por acaso foi dia da final Europeia de judo, na qual eram confrontados dois atletas: Guillaume Elmont da Holanda e  João Neto que representava o nosso país. Então não é que o Tuga (odeio essa palavra, por isso, tem de lido de forma cínica)  foi meter nojo, e la foi ganhar o combate? Pronto, com estas brincadeiras levou a primeira medalha dourada para Portugal, como também sagrou-se campeão Europeu de Judo na classe -81 quilogramas! Esta vitória não só confirma o quanto ele é bom quando mete nojo e ganha as competições, como também passou a ter o segundo lugar no ranking Europeu... Que desgraça.... Somos mesmo a cauda da Europa... Oups... Estou tão habituado a ler isso, que até custa dizer que somos os melhores da Europa (e não é para desgraças!) :P

Notícia TSF e Público.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 12/04/08 20:59

O efeito rastilho de algumas modas é impressionante. Por exemplo, neste momento anda uma moda muito fixe mas sem utilidade nenhuma que consiste em colocar um comando na linha de comandos em Linux (os amigos do Bill devem-se sentir-se menos l33t agora :-P ...) que permite ver quais são os 10 comandos mais usados numa Linux Box.
Aqui vão os meus 2 cents.



Tirado do Alcides Fonseca (apesar de ter visto isso em dezenas de outros lugares).

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 12/04/08 13:53

Já está confirmada mais uma edição da corrida para a esperança em Lisboa, a 13º corrida Terry Fox terá lugar em Lisboa (mais uma vez lamento o centralismo...) dia 17 de Maio de 2008 no parque das nações (em frente ao Pavilhão de Portugal). O inicio da corrida está marcado para às 11h00, para participar nesta corrida basta comparecer pelas 9h30. Recordo que a corrida tem o preço/contribuição/donativo simbólico de 10€, com direito a uma t-shirt alusiva à corrida.
A corrida tem um percurso de 1,5km a 5kms, e tem o apoio de várias entidades como a Embaixada do Canada, Parque Expo, IDP (Instituto do Desporto de Portugal), a câmara municipal de Lisboa e claro a Liga Portuguesa contra o Cancro.

Mas em quê que consiste esta corrida? Na sua essência nada, só vamos correr feitos humanos pelas ruas da expo, mas é uma corrida em nome da luta contra o cancro, onde todos os fundos são distribuidos em várias instituições de investigação. Tudo começou em 1980, no Canada quando um jovem canadiano que lhe fora diagnosticado um cancro  dos ossos que originou a amputação da perna direita, que durante o seu internamento ficou impressionado com o sofrimento dos outros jovens igualmente com cancro. Este jovem era o Terry Fox, que neste mesmo ano realizou a Maratona da Esperança com o objectivo chamar a atenção dos Canadianos pedido apenas 1 dólar a cada pessoa. Esta corrida foi marcada pela sua grande determinação, e apesar de ter uma prótese em toda a perna direita percorreu em 143 dias um total de 5000km. Infelizmente, a meio do caminho Terry  deve de abandonar devido à progressão do cancro nos pulmões. Faleceu em Junho 1981. Esta primeira corrida levou os estádios a abrir as portas ao Terry Fox e às pessoas apenas para o ver e darem o seu contributo para esta causa. Ainda hoje, em todo o mundo é celebrado a corrida Terry Fox para não só homenagear a pessoa como também para ajudar todos aqueles que sofrem do cancro e assim ajudar a investigação cientifica.

Por isso, se quiserem ajudar desportivamente, participando num evento mundial, sempre se podem juntar no sábado 17 de Maio as 9h30 na Expo.

Hiperligações úteis: Site da fundação Terry Fox, Wikipedia-PT, Wikipedia-EN e claro, uma notícia no cienciahoje que mostra a partilha dos fundos colectados

Odeio aqueles e-mails em cadeia daquele miúdo que precisa de um transplante xpto ou tem uma doença abc, porque na realidade não podemos fazer nada, aqui é diferente estou a falar de um evento mundial com presença em Portugal, o dinheiro é mesmo revertido as unidades de investigação e ainda por cima podemos passar um bom momento. Por isso, apesar de nunca o ter feito, peço para partilharem esta notícia. Era fixe ver a blogosfera a correr em nome da luta contra o cancro :-)

Hiperligação directa deste texto: http://www.ruben-alves.com/index.php?p=blog&id=207




ps: sabe bem escrever coisas simples... sabe bem escrever coisas que sentimos que pode ajudar os outros...

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 12/04/08 13:13

Um pequeno texto entre duas compilações, só mesmo para falar das escovas de dentes. Lembrei-me ontem da teoria da conspiração das escovas de dentes... Já repararam que existem 3 tipos de escovas de dentes, das quais apenas duas disponíveis! Para todos os efeitos, existe três tipos de dureza: Macia, Média e Dura. Como disse, nunca vi o último tipo de escova de dentes à venda no nosso país. Já tentei Jumbo, Continente, Pingo Doce, até a drogaria por baixo de casa. Niente! Curiosamente, os nossos amiginhos de longa data do outro lado da fronteira já tem escovas Duras (ou fuerte) em qualquer lado. Os "avec" e os napolitanos também, e nós? Quem é quem, que mandou retirar estas escovas de dentes das lojas, há algum problema com estes objectos, qual é o loby que pretende que toda a gente tem de escovar os dentes com apenas dois tipos de pelo?

Este momento anti-social, inspirador deste texto deve-se à falta de aderência das minhas Timber em piso molhado ;-P Peço desculpa pelo inconveniente desta leitura...


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 11/04/08 16:37

Depois do veto não vetado do PR sobre o diploma da transferência da gestão e administração da zona ribeirinha de Lisboa, o governo ficou um pouco desamparado com a situação. No entanto, na mesma tarde do dia 15 de maço, Belém, para minimizar os vidros partidos, e assim pegar no PS com os paninhos quentes; anunciou de imediato:

"A devolução do diploma que ocorreu corresponde a uma prática normal de diálogo entre a Casa Civil da Presidência da República e o Governo".

Tadinho do governo, levar uma nega do PR assim sem mais nem menos, isto não se faz... Recordo que a zona ribeirinha que estamos aqui a debater é neste momento "propriedade" da APL. Mas afinal, quem é a APL? Administração do Porto de Lisboa. Trata-se de uma empresa criada pelo governo, com a finalidade de administrar e gerir toda a zona ribeirinha. Uns valentes quilómetros de ribeira junto ao rio/mar. Hoje, o governo quer retirar a APL a gestão física dos portos para a câmara de Lisboa. No entanto, pelo que percebi, a APL ficaria com a administração dos contentores, das marés, dos barcos etc... Apenas ficariam sem autoridade sobre os edifícios! Mas "OH QUE PENA"! Alguém sabe como é a APL? Fazem a menor ideia de como é que composta? Basicamente é composta por imensa gente que apesar de trabalhar para uma empresa (já disse... a APL é uma empresa) comportam-se como funcionários públicos. A APL está cheia de "tachos", amigos dos amigos, filhos do pai e da mãe, connections de cima baixo da sociedade. Nunca mais me esqueço de um dos responsáveis da APL telefonar a Juíza, por causa de um processo em curso. Fiquei estupidamente chocado quando começou a trata-la por "tu", falar de mundanidades, do Bowling da semana passada e do próximo jantar bla bla bla. Bem, mais parecia que falava com a namorada...
Mas o problema da APL não é só a feroz competição nos cargos, como também o problema da câmara não pode fazer absolutamente NADA sobre estes terrenos. Curioso não é? Então, câmara=Estado e APL=empresa do Estado? Where's the monkey? É como disse um dia o Miguel Sousa tavares: "Não se passa de Lisboa para o outro lado da linha de comboios sem mostrar passaporte". Uma expressão figurada totalmente exagerada, mas suficientemente clara para mostrar o quanto o poder da APL na zona portuária é autoritário e total. Quem é que não viu no Cais do Sodré aquela obra da APL que nem uma autorização da câmara precisou para ser edificada! O problema da APL é mesmo a APL! São uma espécie de políticos, donos do seu pedaço de território onde são totalmente intocáveis. Por isso não ser segredo de ninguém, já foram várias às tentativas do tirar toda esta autonomia à APL, mas como há sempre um amigo de um amigo que de forma undercovered permite o reino da APL e manter todos os tachinhos extras que por lá fermentem.
Voltando ao veto do Monsieur le President, que acaba por não ser um veto, mas sim "um pedido de explicação ao governo", é natural que não ia acordar um diploma desta envergadura sem mais nem menos. Ainda poderia ferir a sensibilidade dos amigos dos amigos, ou simplesmente dos amigos... Why not? ele também tem amigos não tem? Seria um pouco mal visto acabar do dia para o outro com os tachinhos... Espero que é que alguém consiga terminar com esta burocracia pegajosa.. Mas para isso vai ser preciso cojones, não é Sr. Aníbal?

Notícias TSF sobre o assunto: hoje, dia 15 de Março 1 | 2

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 09/04/08 8:36

Como já falei de forma muito leviana, acontece que entrei há bem pouco tempo num projecto mesmo fantástico. Para ser sincero, bem acima das minhas expectativas. Por vontade própria, deixei o bolinhas em casa (o meu carro...) por motivos lógicos: transito e estacionamento. Apesar de, quando chega ao fim do dia, bem o queria ter à mão. No entanto, esta ideia é rapidamente ultrapassada quando me recordo da confusão matinal. Imaginem 10 carros a tentarem estacionar num sítio preparado para apenas 4. Multipliquem isso por 40 ou 50 para terem o conceito mais próximo da realidade.
Por isso, mais uma vez, sou levado pelos transportes públicos. Confesso que nem é desagradável. Bem pelo contrário, e talvez por ainda ser ao início, até gosto! (Espero não me arrepender do que acabei de escrever.)
O único senão neste percurso pendular, é sem dúvida os olhares matinais e nocturnos. Já reparam como as pessoas são quase todas "desalmadas", olhem para o vazio, parece tristeza. Não se vêem pessoas à oferecer sorrisos, ter aspecto de serem simpáticas. Não! Nos autocarros, todos fazem trombas, decidiram tirar o dia da tristeza, todos os dias. É pá, todos temos problemas, a quem tenha mais do que outros, mas devo ter um azar do carago, porque devo levar com os piores casos de problemáticos da cidade. Não  há ninguém de bem humorado neste autocarro? Sim, há! Eu mesmo :)
De vez em quando aparece uma pita com 22/24 anos, que deve andar na minha onda, porque ela também anda toda feliz da vida. Eu sei que não adianta nada ser ou parecer feliz, oferecer sorrisos as pessoas. Mas eu sinto-me bem assim! De certa forma tenho a impressão de dar o meu contributo às pessoas dando um pouco de ânimo. Apesar de talvez acharem piroso, ou pensarem que sou um maluco ferradinho. Talvez uns podem pensar que a minha felicidade matinal seja pura provocação, inconsciência ou sinónima de um bem estar social elegante que me permite sorrir em ambientes públicos!
Mas não, entrego-me, porque sou bem disposto, porque sou feliz e por acima de tudo sinto-me bem. Estar vivo é bom sinal? Pelo menos é o que me digo todos os dias...


Felicidrómetro: 7/10

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 09/04/08 00:51

Não me recordo se já falei do NTP neste site, pelo menos, sei que cheguei a elaborar o texto sobre o assunto. Mas pelo que vi, ainda nada foi publicado.
O que é NTP? É acima de tudo um protocolo de rede (Network Time Protocol), que permite aos relógios que tem a capacidade de estarem interligados à rede (Pc, Mac, Pocket PC etc..) partilharem todos a mesma hora.
Parecendo que não, mas todos vivemos com horas diferentes! De certa forma até tem a sua piada, porque provoca falhas de sincronismo, e é de facto um comportamento humano (It's not a Bug, it's a feature :P). No entanto, no mundo da informática até dá jeito todos os computadores estarem com a mesma hora. Nem que seja uma questão de leitura de logs. Mas o principio é básico, se os humanos podemos (e até faz-nos bem viver com falta de sincronismo), para os nossos amigos dos bytes é certamente "vital" (esta palavra está entre aspas, porque o termo vital não fica bem quando se fala de computadores).
Por isso vamos a isso! Por norma, em ambientes Windows, já está tudo preparado para acertar à hora via NTP. Basta clicar nos botões até chegarem a parte de acertar a hora com "internet time" seleccionar um servidor (acho que é mesmo o NTP server da M$). Para Linux, é um pouco diferente. Há distribuções, como Ubuntu, trazem uma brincadeira semelhante ao Windows, onde apenas é necssário descarregar um pacote (mas o S.O. faz tudo sozinho, como um grande!). Para as outras, ou para servidor, ou mesmo para os mais determinados em fazer tudo com a consola, sempre podem seguir uma destas formas, aproveitando o ntpdate que já vem por defeito em quase todas as distribuição do Linux.

O comando é básico: ntpdate nome.do.servidor.com (realizar esta operação com privilégios root)

Pessoalmente, tenho o NTP actualizado de hora em hora. Para tal, nada de mais fácil, colocar um script no cron.hourly com a ordem para actualizar a hora do sistema de 60 em 60 minutos. Poderia fazer isso de mês a mês, mas homem que é homem, actualiza com NTP de hora em hora :P

#!/bin/sh
data=`date +%Y%m%d`
touch /home/ruben/$data
ntpdate 194.117.9.136 >> "/home/ruben/$data"


Basicamente, isto cria um ficheiro com o data (ex: 20080409) na minha pasta "home" com todas as actualizações via NTP. No meu caso, preferi fazer desta forma, porque precisava de ver o resultado registado de hora em hora. No entanto, ninguém obriga em fazer registos (esta foi ironia :P). É importante salientar que estou a usar um IP Português. Mas existem outros servidores públicos. É só procurar um pouco que facilmente encontra-se.

Resultado:
ruben@aioros:~$ sudo ntpdate 194.117.9.136
9 Apr 00:41:58 ntpdate[18466]: adjust time server 194.117.9.136 offset 0.000742 sec




Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 09/04/08 00:50

Na categoria música alternativa estranha, apresento os Cristal Castles, um grupo canadiano de Toronto. Ainda em Fevereiro falava-vos do Klaxons, se gostaram deles, talvez não venham a gostar dos Crystal Castles! Apesar de serem amigos, e fazerem música Indie, experimental e electronic, com samples de Atari 2600 e Nintendo NES 8bits,  o som resultante é sem sombra de dúvida excêntrico, original e muito diferente :) Não se fica indiferente aos CC, ou gosta-se imenso, ou odeia-se!
Aconselho vivamente a quem aprecie música "diferente", e aos curiosos :P


Deixo-vos com Love And Caring, do último album dos Crystal Castles. Infelizmente não encontrei o original na FNAC em Portugal, no entanto o album original está a venda na Amazon em Mp3 e CD audio. Não façam como o Ramzy :P


Mais info: wikipedia | myspace | last.fm | review na metacritic | artigo no rollingstone.com


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 07/04/08 20:54

Starsystem nos blogues? Mas que grande palavra para definir o que sinto. De facto, não é bem Starsystem, mas para la caminha. O universo bloguista ao qual cada vez mais me sinto inserido, está a ter cada vez maior protagonismo. Programas, televisão, famosos com blogs, jornais, rádio etc... Mas hoje em dia, algo de curioso acontece, pois,  cada vez mais existem o escritores de blogues a ficarem famosos. Que me lembre, a primeira vez que ouvi talvez tenha sido no programa da Prova Oral do Fernando Alvim. E cada vez mais aparecem perfeitos anónimos, uns levados pelo seu pseudónimo outros pelo seu nome real, que acabam  por aparecer por trás dos microfones. Recordo-me rapidamente da Princesa Sissi, da Maria João Nogueira, e hoje foi a vez da  Ana Garcia Martins. Falo destas meninas, não porque apenas sigo Blogs de lady's, mas sim porque no espaço curto de cerca de 2 meses, todas elas já tiveram o seu minuto de fama. Confesso que sigo por RSS todos estes blogs, cada uma tem o seu espaço bastante diferente, e foi isso que me marcou com o blog da Ana (A pipoca mais doce). Porque afinal, só fala da mundanidade, do seu mundo, da sua vida. A minha surpresa surge precisamente com esta última palavra, será que o interesse pela vida dos outros acaba por ser assim tão relevante?  Não se pode esquecer, ao escrever um "post", estamos a vestir a pele de uma personagem. Não ponho em questão a autenticidade dos textos, mas sim o grau com o qual temos que ler os textos. A ficção criada em redor deste mundo, é ao meu ver o que interessa às pessoas, tal como uma novela, uma história ou uma série, gostamos de seguir estes textos não pelo carácter pessoal, mas sim pela envolvência cronológica. Estas escritoras, tem o perfil perfeito da "girl next door", o conteúdo pessoal e carismático ao qual acabamos por sentir alguma empatia faz que ao longo do tempo nos identificamos com os autores e com as suas histórias. Tornam-se os nosso amigos unilaterais (mesmo com a questão dos comentários metidos ao barulho). Esta sensação e poderei falar em sentimento "one-way"  é muito semelhante ao dos locutores de rádio que ouvimos todos os dias, que entram nossas vidas mas que acabamos por nunca conhecer ou ver o rosto. São simplesmente personagens devolutas ao seu objectivo de nos acompanhar ao longo dos nossos dias. Quantas vezes fiquei admirado ao ver na televisão ou revistas à o aspecto físico de animadores de rádio? Finalmente deixaram de ser apenas uma voz, passaram a ser pessoa. É estranho como isso não acontece com estrelas da televisão, no entanto acontece exactamente o mesmo com os blogs...
Voltando ao assunto dos blogs, o facto de ouvir a voz "da pessoa" e não a "voz mental" (com a qual lemos os textos) desmistifica a pessoa, torna real o que não era suposto ser. E isso tem acontecido cada vez mais, não que seja contra, mas acabo por reflectir sobre o poder dos blogs, sobre o seu interesse geral e sobre a sua polivalência.
Falo por mim, o que era inicialmente um simples lugar de desabafo, de escrita e opiniões em HTML estático apenas para os meus amigos, mudou para o que é hoje, com um número de visitas diárias correspondentes ao que fazia em dois meses, já não se destina apenas aos amigos, amigos dos meus amigos, mas sim aos números, IP's, pesquisas do google, pessoas que não conheço, leitores do agregador Planet Geek, sinto cada vez mais um aumento das pessoas, sinto-me famoso... Falta-me pouco para fazer parte do starsystem :P Só mais 100.000 visitas por mês, e la estarei :P

Já agora, uma "spécial dédicace" à Pipoca mais doce, pela sua intervenção (wma|real audio) no programa do Pedro Rolo Duarte


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 07/04/08 00:24



Mas que grande fim de semana!
Obrigado ao pessoal do Vespa Club de Torres Vedras pelo encontro!

ps: já sei fazer peças em fibra de carbono graças a este senhor :P

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 07/04/08 00:09

Alguém ainda se recorda do meu super texto sobre o tuga em Portugal?  Pois bem, estava a escrever sobre os Muse quando me lembrei deste artigo. Não vale à pena procurar pelas semelhanças, porque não existem. Só disse que me "lembrei" e não "fez-me lembrar" :P
Voltando ao assunto que já se faz tarde, acontece que desde que escrevi aquele texto, tenho substancialmente reparado em coisas "não-tugas", coisas que ninguém diz: "Mas enfim, somos Tugas não é verdade...?" Pois claro! E então que gostaria de partilhar mais uma coisa super não-tuga que foi divulgado hoje:

"Os investigadores portugueses Tiago Outeiro e Filipe Carvalho, em conjunto com os seus colegas da Harvard Medical School, nos EUA, publicam hoje um estudo na revista PlosOne, no qual são visualizados, pela primeira vez, micro-precursores de aglomerados proteicos nos neurónios. De acordo com o Instituto de Medicina Molecular (IMM), o estudo mostra que estes micro-precursores são altamente tóxicos e que estarão na origem da morte dos neurónios associada à doença de Parkinson. "

in: cienciapt.info

Mais um ponto para Portugal :P ( portugal++ )



Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 03/04/08 00:59

Está confirmado, MUSE no Rock In Rio de Lisboa dia 6 de Junho 2008. Falhei os gajos no Campo Pequeno, quero ver se desta vez "Eu Vou", pelo menos tenho saudades de ver os Muse. Apesar da actuação deles no Hard Club em Gaia ter tido um som miserável  em 2002 confesso ter tido algum prazer em ouvir os Lives e Bootlegs que por aí andam.
Já agora, aproveito este momento musical para recordar que no mesmo dia, no mesmo palco em horas diferentes claro vão estar: Offspring, Linkin Park, Kaiser Chiefs e os cubanos Orishas.

Está mais do que visto que sexta 6 de Junho "Eu Vou" :P

Referências: aqui, aqui, aqui, e em breve aqui.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 03/04/08 00:43

Parecem cogumelos, em cada semáforo, entrada/saída de metro, nas suas tripas, existe agora os distribuidores de informação. Jornais por assim dizer gratuitos são desta forma distribuidos todos os dias pela capital e outras cidades do país. Mas que Senhores jornais! Que mina de informação! Devorados em pouco menos do que 5 estações de metro, estes 7 minutos de informação crucial para o inicio de um novo dia tornaram-se no meu passa tempo predilecto diário.
Mas de todas as informações do dia, a mais saliente foi sem sombra de dúvida a seguinte: "LIDL retira queixa contra idosa de 70 anos por furto de produto do valor de 1,65€". Para ser sincero, era uma das minhas preocupações nocturnas, já nem conseguia dormir bem, só de pensar na velhota que ia levar com um processo por causa de um creme dermocosmético.
Mas que raio de informação é essa? A quem é que interessa, e o mais incrível, é COMO é que souberam! hehehe, Ok, a parte mais lúdica continua a ser o astrologia, pelo menos podem escrever todas as tretas que quiserem, porque ninguém pode verificar a sua veracidade. Hoje, até achei uma publicidade com mais interesse de que as próprias notícias.
Mas tenham calma, já sabem que não sou um consumista qualquer! Não, nada disso, há jornais gratuitos que não levo, gosto de me armar em difícil não como tudo o que me aparece pela frente. De quase todos que já li, reparei que o pior de todos deve ser o "Dica do dia" - 80% publicidade geral, 10% de anúncios sobre créditos, 5% de jornalismo extremo e 5% de espaço publicitário para vender publicidade. Logo a seguir vem o Destak, 5 páginas e um quarto de publicidade com alguns fait-divers pelo meio, programação TV e claro, na primeira página alguns títulos Pulizeristas. Talvez, o menos pior seja o "global", mas ouvi dizer que sexta feira é dia de uma semanário gratuito... Estou para ver :P


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 03/04/08 00:25

C:\Documents and Settings\ruben>sudo apt-get update
'sudo' is not recognized as an internal or external command,
operable program or batch file.



Ora bolas :P



Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 01/04/08 15:05

  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Drops of a new dawn

Drops of a new dawn

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons