class main AboutMe { exec(); }
Último dia de férias! Finalmente, vou iniciar o meu novo projecto amanha! Já não era sem fim!
Apesar de tudo isto, o que me leva a escrever hoje está acima de tudo ligado com a minha noite. Uma noite perturbada, com muito pouco sono. Estive toda a noite a ver a saga Starwars (a primeira trilogia IV,V e VI), mas o que me tirou o sono não foram as aventuras do Skywalker, mas sim as aventura do Rubenzinho in this life. Continuo em pensar na treta do passado, na merda do presente e num futuro com o qual mal consigo calcular.
Para ser sincero, estou farto de ter o coração na boca, sempre a mesma treta dos sentimentos ao de cima! As vezes, até queria esquecer tudo isto e seguir em frente nos meus feelings. Mas há sempre aquele manto, o fantasma do passado que me impede de seguir em frente... My godness... Porquê que sempre sinto desta forma? Porque tantas ligações com a merda do passado! Ruben, segue em frente, the past is gone! Put this shit on your head!
Mas algo está a mudar... Esta noite não tive saudades do passado, mas sim do presente... Senti saudades tuas toda a noite, quis-te ao meu lado, sonhar contigo e estar contigo (e estive)...



Merda pás saudades....

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 31/03/08 19:07

Há sempre alguém que se aproveita do azar dos outros. Neste caso, a triste cena do Carolina Michaelis que referi ainda há dias, está a ser alvo de um remix com grande estilo! Uma bela música de embalar :P O Dá-me o Telemóvel Já Remix !

Visto no site do Blackbox, com download no megaupload e vídeo clip no youtube. I triple guarantee you this is the next summer hit :)



Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 29/03/08 05:11

Já repararam na proliferação da sucessão de letras TUGA? Apesar de ser uma palavra com mais de cem anos, usada e abusada nos anos 60, foi ao longo dos anos perdendo da sua força. Mas hoje em dia parece que virou moda novamente, tuga aqui, tuga ali, é tuga por tudo e por nada. Tuga, tuga, tuga e mais tugas! Sinceramente, há questão de 3 ou 4 anos atrás quase ninguém usava isso, já se falava em tuga, mas hoje é um absurdo. Até o meu primo com 15 anos já diz “tuga”. Mas já alguém pensou no significado do tuga?
Pela lógica, é um diminutivo de Portuga. Agora, usar o termo Tuga como sinónimo de Português é que me choca um pouco. Frases como “Eu sou Tuga”, “Beijinhos dos Tugas”, “Os tugas são sempre os mesmos”, “Feito à moda Tuga”, “Tugas, esses apreciadores de Jazz”.... entre tantas outras frases...
Tal como eu, não acham que o termo tuga acaba por trazer com ele uma conotação bastante pejorativa? Por exemplo, voltando à parte dos “beijinhos dos tugas”, a frase completa era:

Temos saudades vossas, esperamos que a viagem tenha corrido bem, um beijinho daqui dos tugas

Porquê insistir no termo tuga no fim? A frase poderia comportar-se lindamente sem a parte final “daqui dos tugas”, porquê colocar “tugas” e não por “malta” ou “família” ? Cada vez mais, a imagem do tuga é  a imagem do bigodeiro, no confim da sua rua, com a sua caneca de tinto, peitaça à mostra, desdentado, com a floresta tropical a esconder um símbolo religioso. O termo tuga é igualmente usado em contextos desfavoráveis, onde se quer demonstrar uma conotação de errado ou falhado.

Apesar disso, reparo com algum "lirismo" que de facto, existe cada vez mais a segunda vertente do termo Tuga, como sinónimo completo à palavra “português”. Existe hoje uma manada de sites com o o termo tuga la dentro. Tugafilmes, tuga.pt, tuga.blog.qqcoisa.com, sexo-tuga, tugalandia etc... Esta moda do termo tuga está definitivamente de volta, acrescentando um valor moderno, fashion. Dizer tuga em vez de português agora é fixe! Tuga só tem 4 letrinhas, cabe tão bem numa SMS de 160 caracteres, num domínio (tuga.com, net, pt etc..) e dá um ar que combina bem com óculos amarelos e gel. Há palavras que entram assim no nosso dia à dia como quem não quer a coisa.
Sinceramente não entendo esta associação, de vários sites de qualidade com o termo tuga! Será que por ser assim tão prático de usar, as pessoas deixaram de dar importância à sua conotação?
Pessoalmente, ainda conservo a imagem mental da palavra tuga com um sentido negativo, logo ainda não me habituei em ver a palavra Tuga com um logotipo... O que vale é que sou um tuga no meio de tantos outros :P


E como não minto, aqui vai um test drive no mundo tuga cibernético googlesco :P


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 28/03/08 20:35

Depois, de um longo fim de semana de Páscoa, estou finalmente de regresso à casa. Infelizmente quando estou no Porto, tenho sempre 1001 coisas para fazer e não é que me esqueço deste site, mas confesso que não estou mentalmente "condicionado"  nem inspirado para escrever. Aproveitei estas duas últimas semanas para "tirar" umas férias intercaladas antes de iniciar um novo projecto dia 1 de Abril. Não é mentira nenhuma, mas sim algo no qual tenho grande esperança e pela qual tenho a certeza que me vai dar imenso prazer trabalhar....


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 28/03/08 01:16

Hoje decidi abrir um pequeno aparte, e dar a conhecer algumas formas e maneiras de como é que podemos conseguir convencer outras pessoas em ceder telemóveis incluindo a variável geográfica:

  • Porto: Eh colega, tens um cigarro? Eh fodasse, tens um telemóbel tótil moderno. Dá-me cá essa merda jáh ou parto-te ao meio!
  • Lisboa: Eh xaval, tens um cigarro? Fonix, tens um telemóvel buéda moderno man!Vá, não te vais armar em super homem, passa para cá a cena puto.
  • Na aula de francês no colégio Carolina Michaelis no Porto: "Pouriez-vous avoir l'aimable aisance de me faire par de votre telefone portable s'il vous plaît?" E não: "dá-me o telemóvel já!" .
Não querendo fazer notícia porque já todos sabem desta triste cena que aconteceu aqui no Porto (digo aqui, porque neste momento estou a escrever à partir do Porto) no Carolina Micaelis (fica perto da estação de metro com o mesmo nome). Só me apetece dizer: Mas que put* de Cena! Eu sei que estudar francês é algo que pode envolver alguma chatice, frustração e acima tudo revolta, mas é algo que, devido à obrigação por ter que passar acaba por ser utrapassavél. Isso, numa mente diria eu minimamente rebelde. Agora, ao que se assistiu é no mínimo assustador! Como é que os cachopos podem ter comportamentos que os levam a este tipos de agressões... I know, o mundo está cada vez mais violento, sex-oriented e estes putos cresceram com Kamehameha's ao pequeno almoço, Pamela Anderson ao almoço, e novelas super-cultas ao jantar. Acaba por ser natural tentar efectuar um Kamehameha numa professora, encher o soutien com algodão na esperança de dar nas vistas e claro ser super-mode-fashion-social-chic-choc-on-the-wave com muitos contactos no hi5 e msn; trocar SMS de borla com os teus amigos nem que seja nas aulas acaba por ser muito importante para eles... Para nós... Temos matéria para falar, comentar e condenar. Mas se fosse professor se calhar em vez de me preocupar com a avaliação dos professores (que por acaso, é algo que já se faz e taaaaaaaaaaaanto lado...) talvez estaria mais preocupado em como fazer com que isto deixasse de acontecer... Porque os médias, jornalistas, blog e cia podem dizer o que bem quiserem sobre isso e sobre a juventude rasca bla bla bla bla e mais bla's, mas no fundo no fundo (é desta que vou ser linchado), acabo por pensar que talvez a culpa também seja dos professores. Ok, ok, não se pode bater em crianças, mas existem tantas outras formas de criar relações de respeito, ambientes de trabalho, motivação... Eu sei que muitas destas abéculas não tem cura,  no entanto, vê-se nitidamente no vídeo que algo nos DOIS lados não estava bem...

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 22/03/08 03:07

Há dias falou-se me plágio de blogs e sites na ML do PG, e é de facto algo que abomino. No entanto, encontro-me num dilema escandaloso visto ter lido um artigo do João Martins que não só está muitissimo bem escrito como principalmente fala de um assunto que já tinha pensado, inclusive esboçado no meu rascunho. Logo, nem vou escrever o que pensava escrever (ainda me vão chamar de copiador de ideias,  como também gostava (se o autor me permite) fazer das suas palavras as minhas, visto dizer o que pensava e mais ainda. É um texto bem argumentado sobre a publicidade em Blogs, respondendo em determinadas perguntas de facto muito pertinentes. E como é este é o meu site, no qual exponho o que quiser, o que achar e visto o João ter escrito algo que penso e concordo tenho o imenso prazer de ser preguiçoso e deixar-vos com "Porque é que os blogs pessoais têm cada vez mais publicidade?".
Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 18/03/08 03:31

Hoje, tal como todos os dias, segui as notícias da fonte de eleição: O Jornal de Negócios. Apesar de não comprar o jornal, leio as notícias via RSS (esta tecnologia é definitivamente algo de Chegevarista...) e hoje, apenas vou escrever alguns títulos das notícias que foram publicadas no dito jornal:

Por norma, gosto de concluir um texto sério com uma piada com piada, humor seco, ironia,  qualquer coisa que torna o texto menos sério sem no entanto tirar-lhe credibilidade. Mas hoje não consigo, bem tentei... Mas não consigo!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 18/03/08 03:12

Há que tempos que não lia algo assim...

"Sou tudo aquilo que posso ser e nada do que não sou..sou uma história que navega pela mente, neste minuto crio ideias e noutro disfarço e tento..tento esquecer..tento lembrar...faço por sentir mas com medo acabo por fugir..."


Ao som do Barry Louis Polisar - All i want is You (Juno OST)

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 13/03/08 19:14

Há cerca de 6 meses, descobri um teaser do novo filme da Disney/Pixar: Wall-E. Logo, achei as semelhanças demasiadas flagrantes com algo que irei falar daqui há pouco, mas como naquele dia não estava para tentar recordar coisas demasiadas antigas, deixei-me estar...
Hoje, por acaso, descobri que finalmente a Pixar divulgou o primeiro trailer à sério deste novo filme. Como não podia deixar de ver qual era o próximo box-office dos criadores de Toy Story, Finding Nemo, The Incredibles, Cars e claro o grande Ratatouille, a minha surpresa foi superior à minha curiosidade quando apercebi-me que as semelhanças que tinha encontrado há 6 meses estavam verdadeiramente fundamentadas!

Let's look at the tailer:


E agora, um filme de 1986: ShortCircuit - Johnny nº 5


Ok, este trailer não deu para ver como era feito o corpo do Nº 5, e que tal esta foto:



Fogo! O raio do robot é igualzinho! Em pequeno adorava ver o Johnny 5, então quando saiu o Shortcircuit 2 foi uma loucura! Espero que os gajos da Pixar saibam o que estão a fazer ao copinventar esta fantástica comédia dos anos 80! Anyway, até a "amiga" do Johnny 5 é parecida com a amiga do Wall-E...





Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 13/03/08 18:53

Já nem reparamos, apenas é uma constatação diária. E como o Benfica, já sabemos que vai empatar ou perder, só gostamos de saber por quantos!
Com o petróleo é a mesma história, já sabemos que vai aumentar, só gostamos de saber em quanto! Hoje, por "acaso" voltou a subir, atingindo os impressionantes 111$ por barril. Ainda recordo-me perfeitamente do dia quando passou dos 50. Os médias estavam a fazer o filme tão negro já naquela altura... Depois, quando passou dos 100, falou-se em barreira psicológica, agora está nos 111, já não é preciso falar. hehehe,  estou mesmo à ver os sensacionalistas da TVI:

"Oh pá, 111 dizes tu? Naaaaa, isso não tem interesse, vamos mazéh falar das velhinhas de Algés que tiveram o pátio inundado. E já agora, em relação ao preço do petróleo, quando chegar aos 150 avisa-me!"

O que vale é que fui educado numa família de bem dispostos e como já dizia o meu tio Carlos: "A gasolina subiu? Bolas, para mim nunca sobe, ponho sempre 10€!" - Pois é tio, tens razão, vou começar a por só 10€, pode ser que depois tenha algum interesse em ver às velhinhas em Algés...

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 13/03/08 17:37

Dito e feito! A ZON acabou de meter à mão na TVTEL pela quantia de 98,725 M€! O meu receio expresso neste texto (escrito precisamente à um mês) vai finalmente acontecer. Apocalypse day ? Talvez, agora que já sabemos que a ZON vai mesmo ficar com a TVTEL, e que brevemente o Joe Berardo vai ser engolido pela gigante ZON ao vender a Pluricanal e a Bragatel....
Fogo, nem sei como é que a ADC autorizou uma compra desta! Quer dizer, ficamos sem concorrência em Portual? Quem sobra no mercado? ARTELECOM e CLIX ? Hello.... Penso que a CLIX ainda irá ficar com o negócio da ADSL e televisão por mais algum tempo, no entanto, só espero que os Senhores das telecomunicações em Santos o Velho irão permanecer no mercado e não serem invadidos pela grande ZON. Não é que tenha alguma empatia para estas empresas, é simplesmente uma questão de princípio... O mercado é saudável quando há várias empresas a competir no mesmo segmento! Imaginem que do dia para a outro, só teríamos água do Luso para beber, cerveja Cintra para todos os festivais, mesas e cervejarias! Não só são líder do mercado, como tem uma situação de monopólio totalmente revoltante...
Esta treta estragou-me o resto do dia... E eu que gostava tanto da TVTEL...

fonte: Jornal de Negócios Online

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 13/03/08 16:14

Tem piada como é que uma simples webcam com 10 anos, um pc com Linux e dois programas conseguem fazer!
Ok, vou passar a explicar, há dias la estive eu a instalar a minha webcam USB em linux (Creative webcam Pro qualquer coisa assim), Depois de a ter posto em funcionamento (gqcam) la me deixei tentar por um programa chamado “motion”.
Esta aplicação consegue tornar qualquer computador numa arma eficiente no que diz respeito à vídeo vigilância, tudo isto com uma simples webcam! Imaginem, que tem um cachopo com poucos meses e todos os dias uma ama vêm a sua casa para ocupar-se do bébé. Ao colocar a sua webcam, o computador automaticamente tira fotogramas quando sente movimento, apenas movimento! Logo, imaginem o que é chegar à casa e ter todo o dia da ama gravado no vosso pc :P
Isto de criar fotogramas ao movimento permite muitos outros usos, como segurança de lojas, locais, casas etc...
E como instalar este motion? Bem, nada de mais fácil, alias, acho que o mais difícil foi mesmo andar a procura dos drivers da minha webcam, porque comparativamente, a instalação do motion foi simplesmente trivial:

ruben@aioros:~$ sudo apt-get install motion


Depois da instalação, basta configurar o ficheiro de configuração em: /etc/motion/motion.conf e alterar alguns valores. Este passo apenas vai servir para que possamos ver a criação dos fotogramas em tempo real (por defeito está no /var/lib , uma pasta não muito fácil de aceder como simples utilizador).

target_dir /home/ruben/webcam

hehehe, pois é, o motion também tem destas coisas (verificar se a firewall permite ligações no porto 8000)

webcam_port 8000

E com esta opção ligamos a webcam para o mundo :)

webcam_localhost on

Depois de executar o motion (basta teclar motion), ele irá começar o seu trabalho, detectando os movimentos em frente à webcam. E não só, como também ligamos a webcam para o mundo, está neste momento a produzir imagens para http://localhost:8000 :P



O problema agora, não são as imagens, mas sim a quantidade de imagens que o motion está a produzir em poucos minutos. E que tal produzir um vídeo disto?
Os mais cuscos terão certamente reparado que no ficheiro de configuração do motion, existe uma opção para fazer vídeos. No entanto, já tentei e o resultado não é assim nada de especial. Para já deu erros até meter nojo, e claro a qualidade final não era conveniente.

Lembrei-me do programa que é usado para fazer codificação de vídeos (divx, xvid etc..) em Linux, o Mencoder. Para o instalar basta mais uma vez aptegar:

ruben@aioros:~$ sudo apt-get install mencoder

(talvez peça para instalar algumas dependências, está tudo bem, podem seguir em frente à confiança!). Uma vez instalado, basta correr o mencoder para produzir o vídeo que está na nossa pasta:

ruben@aioros:~$ mencoder mf:///home/ruben/webcam/*.jpg -mf w=320:h=240:fps=10:type=jpg -ovc lavc -lavcopts vcodec=mpeg4 -oac copy -o /home/ruben/video.avi
MEncoder 2:1.0~rc1-0ubuntu13.1 (C) 2000-2006 MPlayer Team
CPU: Intel(R) Pentium(R) M processor 1500MHz (Family: 6, Model: 9, Stepping: 5)
CPUflags: Type: 6 MMX: 1 MMX2: 1 3DNow: 0 3DNow2: 0 SSE: 1 SSE2: 1
Compiled with runtime CPU detection.
success: format: 16  data: 0x0 - 0x0
MF file format detected.
[mf] search expr: /home/ruben/webcam/*.jpg
[mf] number of files: 1170 (4680)
VIDEO:  [IJPG]  320x240  24bpp  10.000 fps    0.0 kbps ( 0.0 kbyte/s)
[V] filefmt:16  fourcc:0x47504A49  size:320x240  fps:10.00  ftime:=0.1000
Opening video filter: [expand osd=1]
Expand: -1 x -1, -1 ; -1, osd: 1, aspect: 0.000000, round: 1
==========================================================================
Opening video decoder: [ffmpeg] FFmpeg's libavcodec codec family
Selected video codec: [ffmjpeg] vfm: ffmpeg (FFmpeg MJPEG decoder)
==========================================================================
VDec: vo config request - 320 x 240 (preferred colorspace: Planar YV12)
VDec: using Planar YV12 as output csp (no 3)
Movie-Aspect is 1.33:1 - prescaling to correct movie aspect.
videocodec: libavcodec (320x240 fourcc=34504d46 [FMP4])
New_Face failed. Maybe the font path is wrong.
Please supply the text font file (~/.mplayer/subfont.ttf).
subtitle font: load_sub_face failed.
Writing header...
ODML: Aspect information not (yet?) available or unspecified, not writing vprp header.
Writing header...
ODML: Aspect information not (yet?) available or unspecified, not writing vprp header.
Pos: 117.0s   1170f ( 0%) 81.34fps Trem:   0min   0mb  A-V:0.000 [568:0]]
Flushing video frames
Writing index...
Writing header...
ODML: Aspect information not (yet?) available or unspecified, not writing vprp header.
 
Video stream:  568.771 kbit/s  (71096 B/s)  size: 8318275 bytes  117.000 secs  1170 frames
ruben@aioros:~$  


Se tudo correr bem, deverão ver algo parecido com isto. Caso contrário algo no processo deve ter falhado... Por vezes, uma leitura mais calma ajuda em entender e solucionar os problemas.

Continuando, agora que temos o motion e o mencoder em funcionamento, e que tal fazer um script que irá ser executado de 24 em 24 horas construindo assim o vídeo do dia?

ruben@aioros:~/scripts$ nano makeDaillyVideo.sh


#!/bin/bash
 
data=`date +%Y%m%d`
 
rm -fr /home/ruben/webcam/$data
mkdir /home/ruben/webcam/$data
mv -f /home/ruben/webcam/*.jpg /home/ruben/webcam/$data
mencoder mf:///home/ruben/webcam/$data/*.jpg -mf w=320:h=240:fps=10:type=jpg -ovc lavc -lavcopts vcodec=mpeg4 -oac copy -o /home/ruben/$data.avi
sudo rm -fr /home/ruben/webcam/$data


O que faz este script? Muito simples, primeiro cria uma variável ($data) com ANO+MES+DIA, depois apaga uma pasta e todo o seu conteúdo caso já existisse (isso pode acontecer se o script for  abortado), depois volta a criar a mesma pasta (agora é de vez !), move todas as imagens disponíveis na pasta do motion para uma pasta temporária.
Uma vez este processo de pastas e ficheiros concluída, o script faz uma chamada ao mencoder e produz o vídeo final que irá encontrar-se na home do utilizador com o ficheiro .avi
A última linha remove todas as imagens produzidas pelo motion que estavam dentro da pasta temporária (incluindo a pasta temporária).

Para que isto tudo funciona, tem que finalmente colocar o script como executável:

ruben@aioros:~/scripts$ chmod +x makeDaillyVideo.sh

Para por o script em funcionamento de 24h em 24h, basta copia-lo para pasta /etc/cron.daily :P


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 13/03/08 14:17

Nunca fui muito de coisas de snacks e "porcarias" destas. Ainda menos francesinhas e coisas cheias de enchidos bla bla bla. No entanto, este fim de semana devo ter comido a melhor francesinha que existe! Bem, mas que coisa brutal! Primeiro não tinha aquele excesso de porco, salsichas "frescas" duvidosas, batatas fritas cheias de óleo e claro, o super molho com sabor à álcool.
Não, esta francesinha era como o Bruno diz: "Perfeita, Perfeita, Perfeita"! O molho sabia mesmo ao molho de francesinha, não daquele molho pastoso ou requentado. Era mesmo um molho de mestre! O pão não era do Bimbo de supermercado, era mesmo pão de forma cortado à medida, e claro MUITO queijo!
Claro, o bife não era uma bifana, era um bifão da vazia com sabor mesmo à carne... Enfim, no fim, ainda tive a comer o camarão com molho de francesinha... Um verdadeiro consolo :)



Onde comer esta francesinha? Por acaso (cuf cuf cuf...) nem é um restaurante ou tasca, é um café junto ao mar em Lavra chamado Dunas Café.
É mesmo verdade, francesinas só no Norte, porque de resto não valem mesmo nada. Já agora desaconselho a francesinha do Coffe & Pot em Alcântara, não só o sabor é medíocre como são congeladas e depois aquecidas no microondas antes de serem servidas ao cliente... (verídico!)

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 11/03/08 18:33

Deram-me um carrinho novo. Nada de especial, um simples Formula 1, um pequeno brinquedo para andar aí a curtir! Após uma longa corrida em Nürburgring (Nordschleife) de 24 horas, onde o computador jogou por mim, confesso que já me sinto elitista. cuf cuf cuf.... :P



Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 11/03/08 15:28

Os Americanos às vezes tem mesmo a mania da originalidade, criando conceitos novos, coisas novas entre tantas coisas nasceram os hamburgers, os Muscle Cars, Deep Throat e claro o Windows.
De vez em quando, há um inteligente de serviço que se recorda de escrever palermices no intuito de se fazer passar por um génio com ideias verdadeiramente peregrinas. Então não é que ele se lembrou que viu um Guia da Microsoft com uma dica super cool que diz:

"Set a Blank Password in Windows XP To Protect the Computer from Internet Attacks"
(fonte).


Caros amigos, não tentem isso em casa! Uma password tem SEMPRE de ser superior a 8 caracteres, ter no mínimo um mistura de números com letras (se conseguirem, ainda podem por uma maiúscula ainda é uma mais valia).
Que saiba, existe 4 formas de saber uma password de terceiros:
  • Cracking - via brute force (John the Ripper, C&A, etc...)
  • Wordlist (listas de palavras)
  • Sniffing, descobrir a palavra via rede devido à falta de segurança de alguns protocolos (por exemplo telnet, GET, POST, HTTP, FTP etc..)
  • Alguém conhecer a password, e dar-te...
Por isso, de certa forma o aviso do Amit Agarwal, até faria sentido no contexto seguinte: computador desligado de qualquer tipo de rede, e vivendo sozinho em casa sem mais ninguém para dar uma olhadela no computador.
A segurança da password, é equivalente a vossa segurança num computador. No caso de não meter password, é verdade que os bruteforcers não estão preparados para tentar com uma password vazia, no entanto uma boa wordlist tem sempre uma linha preparada para este efeito. Das passwords por tentativa erro humanamente tentável, penso que  estas devem ser as que mais uso: " ", Benfica, Porto, Sporting, password,12345, qwerty, administrator, admin. Agora não me recordo de nenhuma password muito mais genérica, mas depois, existem milhares de wordlists, formas de criar mais wordlists. Acaba-se por encontrar a password. Mais cedo ou mais tarde, tudo acaba por depender da importância da informação.
Por falar em informação, é importante salientar que o tal Guia da Microsoft que o nosso amigo bloguista na realidade não existe.... Como disse, é um escritor genial,  que deve pensar que vai re-inventar as normas e os princípios de segurança. Para a próxima semana deve inventar qualquer outra regra como: "Se usarem o vosso login como password, ninguém vos apanha!". Apesar de especificar que não se consegue o acesso remoto de uma máquina em Windows XP via Internet, é uma informação que infelizmente não posso testar, apenas sei que se tivesse um computador directamente ligado à Internet:
  • Nunca seria uma máquina em Windows XP,
  • Nunca seria um Windows XP com login sem password,
  • Teria o acesso remoto cortado,
  • Firewall dos windows, mais outra firewall qualquer,
  • Anti-virus,
  • Comprimidos para dormir durante a noite....
Vá, seriamente! Uma máquina sem password é como não ter fechaduras em casa. Lamentamos, mas este Sr. Ami Agarwal, com este tipo de dicas deveria juntar-se ao Ramzi e escrevem ambos os seus fantásticos Hacker Tip of the Day. Talvez apareça no Digg na secção "comics". Até lá, não serve para nada mais nada menos do que desconcertar os mais crédulos. Mas felizmente, estou ca eu e o Admiral Ackbar's para desmascarar a mentira :P

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 06/03/08 16:34

Hoje tive de ir para a margem sul, tinha uma reunião às 10h30. E como cheguei 20 minutos antes, ainda me dei ao luxo de ir tomar um cafézinho e comprar o Jornal. Enquanto leio o jornal, deparo-me com esta notícia que me fez sorrir por dois motivos:
"A MONTE SUSPEITO DE BALEAR SEGURANÇA

Luís Alberto Martins, segurança da discoteca Bela Cruz, no Porto, está a recuperar favoravelmente na sequência dos seis tiros que o atingiram na madrugada de domingo. O autor dos disparos já está identificado, acreditando as autoridades tratar-se de um indivíduo de origem cigana." (fonte)

Primeiro, o porteiro/segurança está vivo, e bom de saúde (ao contrário deste miúdo), e segundo a minha suspeição estava certa, o crime não teve nada a ver com o gang dos porteiros da noite do Porto. Foi simplesmente um urso que se armou em John Rambo...
Já agora, recordam-se de ter falado do chico-esperto da ANV por andar a pedir armas ao seus sócios (sócios da associação dos vigilantes), não é que voltou a fazer esta treta (e pelo menos conseguiu uma reunião da comissão parlamentar) quando esta semana foi morto mais um segurança no colombo? Não é por nada, mas acho totalmente mórbido apontar o dedo ao governo e fazer pressão para chegar ao seu fim. É como quem diz "Estão a ver todos? Estão a ver? Hein... E se os seguranças andassem armados, nada disso teria acontecido! Coitada da viuva, sozinha, sem marido.. E agora? Vá, toca a armar os seguranças todos!".
.... hum..... Realmente, não seria nada boa política, talvez não teria sido morto mas a manchete teria sido  algo do tipo: "Segurança do Colombo Mata Empregado de Construção Civil". E depois vinham as polémicas bla bla bla bla bla, para chegar ao seguinte consenso final: "os seguranças não devem usar armas".
É o que digo, estas tretas das associações e sindicatos, tem que mostrar trabalho. Afinal, quem paga as cotas exige resultado... O que vale é que no meio destes malucos todos, o Sr. do Bela Cruz sobreviveu (apesar de ser um arrogante de primeira... pelo menos, acho que é ele :P), e o Benfica Ganhou.... Er... Sorry hehehe

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 05/03/08 16:06

Estava eu tranquilamente a ler a fantástica review do J.B. Martins no seu cineblog quando, mais uma vez achei que aquele homem tinha conseguido resumir perfeitamente o que achei do filme "No Country for Old Men". No final do texto,  depois da minha leitura e da sua respectiva construção decidi deixar um comentário sobre o artigo. Ao escrever, reparei que os nossos amigos do blog.sapo.pt tem uma forma estranha de permitir comentários, pois, podemos escrever apenas um determinado número de caracteres (4300 para ser exacto), mas enquanto vamos escrevendo um pequeno script em Javascript vai avisando de quantas palavras FALTAM. Sim, faltam... No blog do batráquio não sobram caracteres, mas sim faltam... É como se fosse obrigado à escrever os 4300 caracteres, aquela treta meteu-me uma pressão incrível. Ainda fiz um esforço para chegar la, mas confesso que fiquei sem mais recursos linguísticos para prolongar o meu comentário... Lamento JBM, eu bem quis escrever, nem que fosse para responder às obrigações do sapinho... Mas não consegui :-P



Nota: Talvez a Maria Jõao Nogueira leia o meu site e faça alguma coisa para endireitar a frase ou alguém que me explique o porquê do como :P

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 03/03/08 03:20

Hoje de manhã acordei com uma notícia chocante: “Segurança do Bela Cruz no Porto baleado na cabeça, em estado grave”. Ainda meio cheio de sono, fiquei a pensar no assunto enquanto tomava banho. E recordei-me perfeitamente da vez em que ia ao Bela Cruz ao Domingo de manhã para tomar o pequeno almoço (quando ainda funcionavam como tal e com preços acessíveis – aaaah. la Belle Époque...), e fiz uma breve comparação com a última vez que tentei la entrar. Sim, digo bem tentar, porque no Bela Cruz, nem toda a gente entra la. Ou és VIP, ou tens um Carrera 4 estacionado no passeio. La vou eu, mais o meu primo e o meu irmão. E claro, veio essa conversa a baila: “Hoje, é só para os clientes da casa”, depois perguntou se “Estão na Guest List?”, e claro a conversa não foi muito mais longe, visto a arrogância do porteiro (é incrível como já é a segunda vez que transcrevo uma frase arrogante, que não tem quase impacto nenhum quando é escrita...). Anyway, fomos até Braga e curtimos mesmo à grande! E de facto, venho hoje perguntar-me se realmente esta tentativa de assassinato está realmente ligada aos outros casos de mortes na noite do Porto. Porque pensando bem, é verdade que aquele porteiro sofria de um mal qualquer, sei la, poderia qualificar a doença como “pato bravo”, “arrogante compulsivo”, “estala-dedos crónico”. Aparentava ter poucos amigos (ou talvez excesso deles), e acima de tudo devia ter entrado em greve contra os dicionários, porque, termos como assertividade, amabilidade, simpatia deviam-lhe ser totalmente desconhecidos.
Não quero condenar ninguém, alias nem sei se foi a mesma pessoa ou não, mas se formos a ver, nós só queríamos era abanar o capacete, curtir música, suar até o desodorizante deixar de fazer efeito. Agora imagino muito bem dois ou três ursos de um bairro qualquer com uma pistola na mala do carro, serem rejeitados da forma como fomos. O quê que impede a um desde gajos chegar ao fim da noite e meter uma bala na cabeça do homem? Ou, imaginam, toda gente já presenciou pelo menos uma vez a agressividade mórbida de alguns “seguranças” (sim, sim, são segurança da discoteca, não dos seus clientes). Imaginemos que durante aquela noite, ou numa noite anterior, algum urso levasse uma sarrifana valente por parte de um destes gorilas sem qualquer motivo, mais uma vez, pergunto! O quê que impede a esta malta de pensar que se chama John Rambo e dar cabo do homem? Simplesmente NADA. Nós é que andamos aqui entretidos com os nossos sites, blogs e computadores à armar-nos em escritores, mas muitas das vezes acabamos por desconhecer a realidade da rua. A realidade e a violência que está na cabeça dos miúdos de 20 anos (e não só....), não é comparável ao que se vê la fora em proporção, mas talvez equivalente em loucura e igual nos pensamentos.
Estes senhores porteiros, que apesar do smoking elegante, acabam muitas vezes por não ser melhores do que quem comete os crimes. Talvez não sejam capazes de ir até ao fim, mas se têm os músculos, tem de os usar! É como o Einstein! O quê que aquele homem fazia da vida dele, sem ser usar o cérebro dele? É como toda a gente! Se temos uma capacidade qualquer, digamos melhor do que o comum dos mortais, é lógico que vamos sempre dar-lhe formas de expressão. E no caso dos porteiros, toda a gente o sabe o unsaid... Mas ninguém fala. Porquê? Ao meu ver, o medo, o facto de pensar que são intocáveis... Talvez penso mal, ou esteja enganado. Acredito piamente que a maior parte dos seguranças/porteiros em discotecas não são anjinhos nenhuns, e que às vezes saí-lhe o tiro pela culatra, como foi o caso esta noite...
Esta treta que acabei de escrever é pura especulação! Não tenho uma pontinha de como provar que tenho razão ou não! Foi um simples resumo daquilo que pensei enquanto tomava banho...

De qualquer forma, esta malta ainda pensa que a noite no Porto é insegura. Posso garantir, que nunca foi tão seguro sair a noite no Porto como hoje... O problema são os casos mediatícos (like this one, or this, or this, or this, or this... )... Fazem como uma mancha de sangue no mapa de Portugal.

Última hora: “A Associação Nacional de Vigilantes solicitou uma audiência a Rui Pereira para pedir que os seguranças possam usar armas” (aqui). O que é esta merda? Os gajos vêm meter pressão num momento destes? Recordo, que a ANV é uma associação para os tipos da Securitas, Esegur etc...Aquela malta que trabalha na loja do cidadão a dar papeis! (aie... agora fui mauzinho... Ok, ok, não fazem só isso, também têm rondas nocturnas, e o trabalho deles tem sido um pouco deixado para segundo plano, apesar de terem grande mérito). Mas no curso desta gente, a primeira coisa que dizem é: “se tiverem qualquer problema chamem a polícia! Não façam nada!” Eles são como a associação tem por nome “VIGILANTES” - nem mais, nem menos....Se fosse Associação Nacional de Seguranças, eh pá, já era outra coisa. Agora, são simplesmente vigilantes! Alias, por serem vigilantes, tem de respeitar um determinado aspecto físico (altos, com alguns músculos... só para meter respeito). E são pagos só para vigiar, controlar se tudo se passa bem. Não para andar aos tiros e para se defender... Já que há tantos malucos armados, se forem armar toda essa malta dos vigilantes, então é que ficamos todos muitos bem seguros... Já agora, o quê que o emprego de um vigilante têm a ver com o porteiro de uma discoteca? É como comparar gestão  aos recursos humanos...  Esta malta que se aproveita de momentos destes para meter nojo é que não tem nada a ver...

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 03/03/08 02:10

Juno, Juno! Todos chamam por ela, todos falem dela! Desde do Markl, Bruno entre muitos outros e claro a excelente review do Cineblog! Pela blogosfera Portuguesa fora só se tem um filme na boca: Juno!
Mas que raio de filme é esse? Mais um “American Pie” dramático com miúdas grávidas? Já que todos falavam, comecei por ler algumas reviews, acabei por dar o grande passo.
É um filme que acaba por ser diferente, curioso, cómico. O Cineblog faz uma analogia muito pertinente quando compara a Juno ao Dr. House  "uma protagonista que é a versão adolescente do Dr. House", e acho que é mesmo isso que trás a vertente cómica deste filme. Porque de resto, acaba por ser uma história equilibrada, justa. Mas creio que o mais importante do filme, acaba nem por ser a Ellen Page (Juno) ou qualquer outra personagem, nem a história, moral; não! Nada disso, o que saí é o espírito, a aura, The Juno's Effect é simplesmente adorável. Um desejo permanente de continuar no mundo da June, um mundo encantador, real, triste mas tão Junástico! Juno, Juno e mais Juno's. A banda original é como se previa uma pérola. Daquelas músicas que ouvimos sem problema ao longo do dia. Como digo, o efeito Juno é o que mais fica nesta obra prima da Diablo Cody. Aconselho vivamente estes 90 minutos de prazer, pureza e simplicidade...







Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 02/03/08 02:17

  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Starway to Heaven

Starway to Heaven

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons