class main AboutMe { exec(); }
O dia está a acordar e com ele aves negras cruzam os céus. Voam alto, competindo com a imobilidade dos cirros, que com a sua cor acinzentada, prenunciam os frios gélidos do norte que se aproximam deste meu canto na montanha. Pelas arestas das portas e janelas da cabana infiltra-se já essa brisa cortante que fustiga a pele e arranca o seu ténue calor. Entranço os dedos e encosto ambas as mãos ao meu peito a fim de conseguir algum calor. Mas o meu coração abandona-me, está ausente na sua tristeza porque tu estás longe. Nada mais me resta do que aquecer-me com a ajuda da mãe natureza. Firo os meus dedos frios nas lascas da madeira que atiro para a lareira e fico como que paralisa a aguardar que o seu crepitar se transforme em calor.
Enquanto passeio em frente a este fogo moribundo, transporto o meu olhar para além dos vidros baços da janela. Os campos estão verdejantes mas acusam a dureza das geadas ao manifestarem aqui e ali leves tons de amarelo. Os carvalhos centenários hibernam despidos erguendo seus ramos cansados para os finos e oblíquos raios de sol. Sobre o muro do jardim repousa o nosso gato que de tempo a tempo efectua longas lambidelas ao seu pêlo preto e quando o faz desequilibrasse e pisa os narcisos que começam a brotar do solo negro e se elevam como pepitas de ouro para o céu.
Dias passam e nada muda a não ser as saudades que aumentam a cada momento. Porque estás longe? Queria-te aqui! Apesar de uma parte de ti viver em mim. Dias passam e tu cada dia mais distante. Dá-me novas dessa tua vida no interior de uma multidão anónima, nesse mundo de betão. Deixa-os, abandona esse mundo que te vai aprisionar e volta… Aguardo-te aqui à porta da minha humilde casa. O dia vai avançar. A noite vai cair e terás por esses caminhos a luz da lua para te guiar até mim e a candeia de óleo que colocarei ao portão para que não passes ao lado e por fim fiques.

EuMesma

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Goreti Rodrigues @ 22/01/07 15:08
Escrever um comentário ao texto: "Diário - Principio da tua viagem"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Alligatoridae

Alligatoridae

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons