class main AboutMe { exec(); }
Não quero fazer parte daqueles que diz o contrário, que diz mal de tudo.... Mas merda, aquilo foi uma manifestação? Esperem, 200.000 pessoas em Lisboa? WOW muita gente para um só governo! Mas qual é o filme com o Governo? O problema não está no governo, mas sim nas pessoas... Já disse isso e volto a dizer. Lamento o cliché, mas em 1961, Kennedy já a sabia toda: ask not what your country can do for you — ask what you can do for your country.
50 anos depois a receita é a mesma!
Fazendo parte desta geração dita à rasca, só pergunto mas o quê que querem que o país faça? Se estão descontentes com a política, tornem-se políticos! Somos aquilo que votamos. A culpa não é quem nos governa, mas sim de quem vota neles! O melhor que temos a fazer é não nos calar, não deixar que gozem connosco e trabalhar todos no sentido de melhorar o país. ... já ventilei...

A geração à rasca deve é lutar e trabalhar para o melhor comum, indignar-se e manifestar-se concretamente. 200.000 pessoas contra a precariedade? Quem é que disse esta mentira?
  • Demasiados partidos políticos,
  • Demasiados famílias a passear os cães
  • Demasiados carrinhos de bebés,
  • Demasiado comunismo,
  • Demasiadas pessoas (artistas) à procura de protagonismo (até o brutamontes dos gémeos da casa dos segredos!)
  • Demasiada felicidade para quem está mesmo à rasca,
  • Demasiados iPhones e máquinas câmaras reflex topo de gama,
  • Demasiadas pessoas preocupadas em documentar a parada,
  • Demasiada ganza, garrafas de cerveja de litro,
Só faltava era realmente a garra de quem pretende realmente mudar....

No entanto, não posso deixar de realçar que o objectivo primário foi de facto conseguido: reunir pessoas, conseguir organizar uma manifestação verdadeiramente do Povo. Algo que não me recordo ter visto nesta escala. O segundo objectivo, também terá sido conseguido: a convocação funciona! Isto de facto não pode, nem deve ser a última.
O problema da manifestação deste fim de semana foi a falta de sentido, a falta de uniformização na revolta, demasiada gente a puxar a brasa para a sua sardinha. O resultado final, foi uma tarde cheia de cantigas, barulhos e ausência de um protesto comum e concreto.

Mas que foi impressionante, isso foi... Lá estarei para a próxima. Agora que já sei manifestar, ninguém me pára! Por falar nisso, acho que já há uma manifestação para a revogação do novo acordo ortográfico ainda para este mês... Lá estarei!
















2 comentários | Publicado por Ruben Alves @ 13/03/11 20:09

ZDL@ 2011-03-13 (20:50:09)
Ora nem mais!! Totalmente de acordo!

Luis Miguel Silva@ 2011-03-13 (21:07:00)
Acho que tens toda a razao. Infelizmente nao pude la estar por estar emigrado mas, pela informacao que tenho, o pessoal focou-se muito nos recibos verdes e precariedade de trabalho (ou seja, nao haver trabalho para a vida) em vez dos problemas reais.
E vi muita festa, musica e cartazes pro-comunistas (o que, na minha opiniao, e um erro).
Como dizes, o problema e das pessoas e da cultura. E do facto de se propagar esta ideia de que o Estado toma conta de nos (com um sistema de saude e educacao nacional e leis de proteccao do trabalhador)...
Enquanto essas merdas houverem, as pessoas vao achar que tem direito as coisas (quando nao tem direito a coisa alguma).
Escrever um comentário ao texto: "Manif 2011: conclusões.pt"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Não precisas de ter asas para voar...

Não precisas de ter asas para voar...

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons