class main AboutMe { exec(); }
Aproveitando o hype do big fail da Rockstar, gostava de falar sobre segurana informtica, assim sem querer assustar mas sim fazer pensar as mentes mais crentes que pensam que na Internet tudo de borla.
Talvez o melhor antes disso, falar um pouco sobre este hype que apesar de inofensivo, est a dar volta pela Internet fora. Basicamente, foi descoberto no executvel do Max Payne 2 distribudo via Steam  o logtipo da Myth a (in)famosa equipa de crackers detida pelo FBI em 2005. Ou seja, os programadores da Rockstar em vez de recompilar o cdigo para correr no Steam, simplesmente usaram o crack criado na altura para correr o jogo sem CD.


Logtipo no prprio .exe do jogo.


ASCII art do logtipo da Myth.

Bela bronca sem dvida. Enfim, daquelas coisas que passa e amanha toda a gente esquece. No entanto, quando li esta notcia, no consegui deixar de liga-la a outro tipo de ataques: payload backdoor.
Este ataque muito simples, adiciona-se um payload via Metasploit num ficheiro executvel (mspaint.exe, putty.exe, notepad.exe enfim, qualquer *.exe). Depois de correrem este programa, nada de anormal, tudo funciona como deveria funcionar, o anti-virus nem reclama. O problema que este payload criado abre uma backdoor no computador que permite um acesso remoto na mquina. No fundo, uma porta de entrada para botnets, piratas, etc...

Muito resumidamente, a ideia kitar um ficheiro .exe com o objectivo de tomar conta da mquina. Seja ela por rede interna, ou Internet. Nada de muito difcil com alguma tcnica, alguns vdeos encontrados no youtube at ensinam a fazer isso. Agora, numa escala global, deixa-me pensativo sobre o estado da nao Internet relativamente a cracks, geradores de cdigos e outros programinhas pequeninos que fazem parte da maioria dos utilizadores comuns na Internet. Nunca ningum trabalha absolutamente gratuitamente. Haver sempre uma contra-partida... 

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 12/05/10 21:34
Escrever um comentário ao texto: "Pensamentos .(in)seguros.exe"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  LTIMO MS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Morosidade Urbana

Morosidade Urbana

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Pgina no Twitter.


creative commons