class main AboutMe { exec(); }
Canção do Tempo

Para um tempo que fica
Doendo por dentro e passa por fora.
Para o tempo do vento
que é um contratempo
da nossa demora. Passam dias e noites
os meses, os anos
o segundo e a hora.
E é ao tempo presente
que a gente pergunta:
E agora? E agora?

Tempo
para pensar cada momento deste tempo.
Que cada dia é mais profundo.
E é mais tempo para inventarmos
outro tempo menos lento.
Tempo
dos nossos filhos aprenderem com mais tempo
a rapidez que tem de ser o pensamento
para nascer, para viver, para existir
e nunca mais verem o tempo fugir.

O tempo constante que a cada instante
nos passa por fora.
Este tempo candente que é como um cometa
com laivos de aurora.

É o tempo de hoje
é o tempo de ontem
é o tempo de outrora.
Mas o tempo da gente
é o tempo presente.
É agora. É agora.

Tempo
para agarrar cada momento deste tempo.
Interminável e absoluto rasgo tempo.
Intemporal como os ponteiros do minuto.

Tempo
para o relógio bater certo com a vida.´
Que um homem bom
que um homem são
que um homem forte
que da chegada conseguiu fazer partida.

E que desperta adiantado para a morte.



Como sempre, para os seguidores das RSS feeds, anexei a música aqui.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 16/04/10 00:46
Escrever um comentário ao texto: "Música.do.mês-Cancão.do.tempo.pt"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Morosidade Urbana

Morosidade Urbana

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons