class main AboutMe { exec(); }

Tens uma pasta partilhada em Windows (seja workstation ou servidor) que gostavas de ver partilhada como se fosse uma página web? Então este pequeno artigo é para ti. Se vieste aqui para ter notícias minhas, este é o post errado :P

Depois alguns problemas de shares e espaços em disco, tive de partilhar para a web alguns ficheiros que estavam num share em Windows. A ideia por trás disto, é que poupo espaço em disco no meu webserver e acima de tudo, simplifico o processo de actualização por parte dos utilizadores (basta fazer um map network drive e começar a enviar ficheiros para que o todo o mundo tenha acesso).

Por isso, vamos trabalhar dois servidores fisicamente diferentes: websrv.lan e sbmsrv.lan.

O sbmsrv será o nosso servidor de partilha de ficheiros com o Samba 3 instalado. No qual temos a seguinte partilha:

[webshare$]
   comment = Webfolder
   path = /var/samba/webfolder
   browseable = yes
   guest ok = no
   writeable = Yes
   log file = /var/log/samba/log_webfolder.%m
   create mask = 0777
   directory mask = 0777


(Nota: o “$” no fim do nome da partilha serve para colocar uma pasta em hidden mode)
Uma vez a pasta fisicamente criada e o Samba configurado, o passo seguinte consiste em adicionar um utilizador ao Samba. Não vamos complicar com utilizadores virtuais em LDAP ou MySQL. Iremos usar um utilizador do sistema, neste caso o nome rubensmb será depois interligado com o ruben (conta de shell).

sbmsrv.lan:/ smbpasswd -a rubensmb


Depois de adicionar o utilizador ao Samba e a respectiva password, vamos agora ligar as duas contas. Recordo que esta técnica é apenas uma medida de segurança, visto que o protocolo smb não é em nada seguro. Logo, a ideia é usar um login diferente do login da máquina em Linux com passwords diferentes de preferência.

sbmsrv.lan:/ nano /etc/samba/smbusers ruben=“rubensmb”


Uma vez o ficheiro smbusers editado, pode sair do editor de texto e reiniciar o servidor de ficheiros (/etc/init.d/samba restart). Se tudo correu bem, a nova partilha já devera está disponível pela rede interna do smbsrv.lan.

Agora é a vez do websrv.lan, para isso, basta criar um novo virtualhost ou usar a directiva: directory para adicionar a pasta que queremos interligar.
Antes de mais, vamos primeiro criar a pasta fisicamente:

websrv.lan:/ mkdir /var/samba/site01/smblink

Como devem imaginar, a smblink vai servir de ponte entre o webserver e o fileserver.
Para tal, toca a editar o apache de forma a criar esta ponte:

Alias /smb /var/samba/site01/smblink

<Directory /var/samba/site01/smblink>
  Options Indexes FollowSymLinks
  AllowOverride AuthConfig
  Order allow,deny
  Allow from all
  EnableSendfile Off
</Directory>


Nota: Talvez seja pertinente  criar às permissões necessárias (chown www-data:www-data /var/samba/ -R).
Depois deste passo, um simples reload é suficiente para que o apache passe a aceitar o novo caminho. IMPORTANTE: não esquecer a opção “EnableSendfile Off”. Caso contrário, o download de ficheiros pode ficar comprometido (http://httpd.apache.org/docs/2.2/mod/core.html#enablesendfile)

Finalmente, uma vez que temos o servidor de ficheiros a funcionar, o servidor web já a mostrar uma pasta (ainda vazia), basta só fazer com que o o servidor web tenha um “mount” fixo e definitivo para o smbsrv.lan.
Edita o ficheiro /etc/fstab:

//smbsrv.lan/webshare$ /var/samba/site01/smblink cifs exec,credentials=/etc/cifs 0 0


Depois deste passo, está quase tudo terminado, falta mesmo criar o ficheiro com as credenciais certas:

websrv.lan:/ touch /etc/cifs
websrv.lan:/ chown root:root /etc/cifs
websrv.lan:/ chmod 700 /etc/cifs
websrv.lan:/ nano /etc/cifs
username=rubensmb
password=mysecretpassword


E agora, o último passo: montar a partilha no servidor web. Para isso, pode reiniciar o servidor ou, se não te apetecer muito sempre podes fazer um mount -a (lazy way) ou então:

mount /var/samba/site01/smblink (versão menos lazy, e mais correcta de fazer as coisas).


E agora, basta apontar um navegador para: http://webserv.lan/smb/ para ver a partilha que está em \\smbsrv.lan\webshare$

Voilà, qualquer dúvida sobre este texto just mail me.
ps: Um especial abraço à Microsoft pela qualidade das specificações sobre o protocolo MS-SMB.
Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 21/11/09 15:45
Escrever um comentário ao texto: "Mount.Cifs.on.Apache.Virtualhost.pt"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: AeroTurbina

AeroTurbina

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons