class main AboutMe { exec(); }
Anunciada há tanto tempo, já esperava o SITIC  há algumas semanas. Sábado resolvi descobrir com os meus próprios olhos qual era realmente o sentido desta feira.
Estava a espera de coisas novas, avanços tecnológicos com demonstrações, stands estrangeiros com serviços e produtos não vistos em Portugal e claro alguns stands a venderem serviços...

A primeira impressão foi relativamente boa, visto a entrada da FIL estar completamente cheia de carros, algumas filas de transito depois, consegui encontrar o meu lugar de estacionamento (que por sinal ficou muito próximo da entrada) :P
Só no interior é que entendi a dimensão do SITIC, 2 pavilhões unicamente dedicados a Feira! Dois preços: 4€ para visitantes e 15€ para profissionais. Com subtileza e amabilidade perguntei a senhora da caixa o quê que motivava tanta discordância no preço, a qual me respondeu que existia uma "sub-feira" apenas reservada aos profissionais, com stands específicos etc... Como o dinheiro era pouco, a minha entrada foi validada como "puro e mero" visitante, olhos com os quais irei descrever um pouco mais sobre esta feira.

Esta feira é essencialmente composta de stands, com mais stands e stands aqui ali espalhados pelo universo da feira
. Mal é efectuado o primeiro passo dentro da feira, deparamos com projectos do e-gov (governo virtual) com projectos como o portal do emprego, cidades digitais, apresentação do projecto "ligar portugal", um stand para criação do Passaporte digital entre outras coisas. Pouco depois vinha a famosa sub-feira reservada aos profissionais... Mas afinal o quê que tinha de tão especial? Essencialmente nada... Apenas empresas a oferecerem serviços num ambiente "mais calmo" que os tradicionais stands. E pouco mais no pavilhão 1... Bem, ainda me sobra muita coisa para ver pensei eu.... La caminhei para o segundo pavilhão quando me deparo com um "stand" (se assim o poderemos chamar) do ministério do interior com uma demonstração do arsenal: armas, protectores, Subaru Impreza WRX, SEAT LEON kitado, motinhas, cabines de vigilância (tipo Austin Power) em soma, todas as últimas aquisições da policia para enfrentar os criminosos...

Finalmente, após a viagem ao mundo da policia, encontro-me no segundo pavilhão! AAAH, Música, barulho, gente, luzes, coisas suspensas! Isto vai ser giro pensei eu....  Plasmas, monitores, computadores xuning's, ratos, X-BOX 360, equipamento digital etc... TUDO A VENDA! Pois é amiginhos, a SITIC deveria se chamar FITIC, ou seja Feira Internacional das Técnologias da Informação e das Comunicações... Ninguém que mostrasse realmente algo de novo, stands como por exemplo da AMEN a tentar vender alojamento, empresas a venderem serviços, Livros, computadores, impressoras, PDA's... O stand da PCGUIA com uma pin-up' a fazer barulho atraindo as massas com golpes de perna ousados e berros que por momento me fez lembrar a doca de pesca de Matosinhos. Também havia a empresa que vende o SEAGWAY em Portugal com demonstrações e filas de mais 40 pessoas, stands gratuitos onde podiam jogar PES 6 na X-BOX 360, um BMW Z3 suspenso.... Mais.... ? Bem, a verdade é que e  pouco mais... O pavilhão 2 não era assim tão grande! Bolas pensei eu... 4€ para levar com publicidade destes cromos? Mas nem tudo foi assim tão mau na SITIC. Também encontrei algumas coisas dignas de se falar como por exemplo um dos stands da IBM (sim, porque eles tinham dois...) onde poderíamos ver os primeiros computadores, impressoras e servidores da marca. Coisas mesmo antigas, parecia o museu IBM, mas dentro da SITIC, outra coisa que valeu a pena, foi ver empresas como a RUMUS ou RESTART a informar sobre os cursos (ok, ok acaba por ser um serviço, mas é diferente, ao menos tinham cursos interessantes e inovadores, não como aquele stand da logitech que só vendia ratos e volantes...). E pouco mais... Tanto barulho para uma coisa destas...

conclusão: valeu a pena (sim sim... vale sempre a pena! :P ), foi uma experiência agradável apesar de estar preparado para ver outras coisas, para "aprender" alguma coisa. Aprendi pouco, não porque já sei muito, mas sim porque não havia muito para aprender. Apesar de terem existido algumas palestras com MUITO pouca divulgação. Creio que o inesperado tornou-se um dos melhores da festa: a apresentação das tecnologias do Min. do Interior.
Antes de terminar este texto, aqui vão algumas fotos:


A entrada do pavilhão 1


O "tal" Subaru da BT (dos vários que andam por aí)


x-box 360 com direito a testar o novo PES 6


O tal museu da IBM

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 06/11/06 01:19
Escrever um comentário ao texto: "sitic.lx"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Imagens do presente

Imagens do presente

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons