class main AboutMe { exec(); }
Demasiadas leituras trazem ideias, decidi escrever um pouco ao estilo da Belota do Guia das Mulheres para totós e falar desta espécie de animais estranhos que são os homens.
Tudo começou este fim de semana, quando estive metido numa conversa com uma amiga, que me revelou que o namorado dela era uma pessoa cinco estrelas, mas que não sabia expressar os seus sentimentos. Não quis comentar logo esta situação com ela porque tenho uma teoria que a poderia magoar. Acontece que vou assumir que é do conhecimento geral que a combinação entre gajos e sentimentos é tudo menos fusional. Gajo que é gajo não diz o que sente! Temos entre outros defeitos um grande problema no que toca a expressão dos sentimentos. Isso acontece essencialmente por dois motivos. Primeiro, o nosso lado machista diz que é bom ninguém saber o que sentimos, pois poderia ser um ponto fraco. Sem grande esforço conseguimos imaginar o ridículo em que cairia um todo-sexy-machão ao vê-lo falar de coisas tão cor de rosa que são os sentimentos. Não digo que não acontece, simplesmente fica mal. Coisas de sentimentos, como lágrimas por exemplo não são aceitáveis se não forem para o Benfica ou a selecção. O segundo ponto nasce um pouco com a minha experiência pessoal. Considero-me uma pessoa sensível que gosta de partilhar o que pense e sente, mas por ter sido ferido no passado guardo com reservas tudo o que revelações de sentimentos.
Creio então, que um gajo não expressa os seus sentimentos não só porque não os tem, mas também quando é inibido. Mas calma! Isso deixa de existir quando realmente amamos de verdade. Pois é gajas! Não somos assim tão icecube. Falo por mim e por outros que também conheço. Acredito piamente que falamos dos nossos sentimentos quando realmente amamos. Mesmo o todo-sexy-machão todo bom expressa o que sente quando realmente tem algo para sentir. Infelizmente para vocês gajas, na maior parte do tempo revelamos o que sentimos com outras formas que a linguagem verbal, Expressamos o que sentimos com tudo o que temos ao nosso dispor. Por isso, mais vale estarem mais atentas, certamente virão (alguns) sinais! 
Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 03/10/08 00:42
Escrever um comentário ao texto: "Expressão.dos.Sentimentos.pt"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Não precisas de ter asas para voar...

Não precisas de ter asas para voar...

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons