class main AboutMe { exec(); }
É tão bom sentir-se próximo da ciência, passear numa tenda gigante com muitos investigadores de vários ramos. Foi por isso, que ontem fui ao CCB (não para ver a ficção da ficção da TVI) mas para encontrar-me com um evento cientifico realizado em simultâneo no Porto e Lisboa.
E.......... O evento em Lisboa, foi uma desilusão. Mal entrei encontrei uma tenta enorme vazia. Não é que tinha poucas pessoas (que mais tarde apareceram) mas principalmente vazia em conteúdo. Talvez  o problema foi ter ido com expectativas maiores, visto trabalhar num meio onde acabo por colaborar com bastantes investigadores caí numa festa para cachopos. Com demonstrações interessantes como por exemplo a medição das radiações emitidas pelas ondas rádio dos telemóveis ou a transformação de dois líquidos em sólido, extracção do ADN de uma banana com produtos caseiros entre outras experiências cientificas realmente curiosas. Neste aspecto a noite foi "divertida" mas eu procurava saber mais. Destes voluntários todos encontrei alguns conhecidos, que são investigadores em áreas como a Malária a mostrarem como funciona o azoto em balões. Oh pá, eles fazem e sabem muito mais do que isso. Tal como certas demonstrações, achei o evento redutor proporcionalmente à actividade dos investigadores. Ok, é difícil explicar e demonstrar o que é a morfogênese ou  outras áreas de investigação, mas é sempre melhor explicar isso se o objectivo for angariar fundos. Imagino perfeitamente o Zézinho que não sabe nada sobre investigação e que se depara com uma amostra tão redutora sobre ciência. O que ele irá pensar? Será que é para eles aprenderem a tirar o ADN de uma banana que é gasto milhões todos os anos?
"Pois claro que não Zezinho, os milhões são gastos em coisas muito mais interessantes e realmente importantes para o avanço da ciência em Portugal, e tudo o que viste ontem a noite não está minimamente ligado ao que eles realmente fazem."
Temos laboratórios nacionais a competirem directamente com os melhores institutos internacionais, e isso não nasce do nada. Somos MESMO bons  (quando digo "somos" entendo o conceito do trabalho dos Portugueses), e apresentamos o nosso trabalho desta forma? Oh pá... Também não pedia uma Talk ou um Meeting todo xpto, mas pelo menos, algo de mais educativo que isso.
A noite do investigadores em Lisboa, apesar de ter sido uma desilusão para mim, acaba por ser um sucesso para o público em geral, o que faz desta noite uma festa popular da ciência conseguindo aproximar os investigadores do povo. E neste ponto de vista é algo de louvar e mesmo se acabo desiludido, posso dizer que gostei da noite e que certamente voltarei a participar na noite do investigador 2009.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 27/09/08 13:40
Escrever um comentário ao texto: "Noite.dos.Investigadores.2008"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Imagens do presente

Imagens do presente

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons