class main AboutMe { exec(); }
Já repararam que quando há uma besta que escreve um texto ao nível do seu intelecto ou com falta de tomates para dar um nome, há sempre imensos comentários. Sejam eles para dar os parabéns ou seja para destruir.
Os dois últimos casos mais flagrantes foi o (in)famoso Povoaoffline louvado por parecer desmantelar a corrupção politica e lhe ter sido fechado o seu blog, o qual comentei na altura. Agora surge uma besta com um post sobre os Jogos Paralímpicos onde põe em questão a sua existência com um simples "para quê?" Este post revela nitidamente uma falta de conhecimento, humanidade e sentido desportivo brutalesca. Por este motivo, ele está a ser enxovalhado neste momento por toda a gente que passa por la. Com uma quantidade não negligável de 294 comentários, creio que deve estar quase a ser eleito o imbecil do mês.
E o quê que os dois caso têm a ver tirando o caso de serem os dois uns idiotas: a qualidade dos comentários!
A maior parte dos comentários são simplesmente escritos por anónimos. Para isso fiz um copy/paste dos comentários para um ficheiro texto e contabilizei o número de "Anónimos":

ruben@aioros:~$cat comentarios_bolanaarea.txt|egrep "Anónimo disse..." |wc -l
121



ruben@aioros:~$cat comentarios_povoaoffline.txt|egrep "Anónimo disse..." |wc -l
88



No primeiro caso 41% dos comentários (total = 294) eram de pessoas anónimas. No segundo, já passam dos 55% (total de 158). Acontece que aqui não estão contabilizados os comentários com nomes igualmente anónimos como "K", "Puto", "Luiz Vaz de Camoens", " Rui", "605", etc... Devemos acabar com uma lista muito pequena de pessoas realmente identificáveis. Quando, no oposto nos restantes sites e blogs os comentários estão na maioria bem identificados com hiperligações para outros blogs etc...
Mas pergunto, eu.... Vivemos num país de gajos que não tem tomates para dizer o pensam com medo de levarem represálias ? Qual é o mal de insultar um imbecil ou dizer o que pensamos desde não se ponha a mãe com a  profissão  mais antiga ao barulho? O Anónimo é um gajo fixe com gostas largas. Aguenta com muita gente mesmo e muita pressão. Mas não tanta! Será só falta de cojones ou simplesmente é porque a opção "Anónimo" é a primeira a aparecer?


Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 14/09/08 16:12
Escrever um comentário ao texto: "Cabrão.do.Anónimo.pt"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Tens tudo para ser feliz

Tens tudo para ser feliz

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons