class main AboutMe { exec(); }
Finalmente de volta ao teclado! Depois destas mini-férias, confesso que já tinha saudades do meu lugarzinho. Mas durante a minha ausência, a minha amiginha Belota do Guia das Mulheres para Tótos lançou-me um desafio. Sinceramente, apesar de gostar muito dos textos dela, confesso que não sou muito destas coisas.. Mas de sábado para domingo tive tempo para pensar no assunto e só agora, é que tenho um tempinho para responder a este desafio!
O desafio é mesmo uma cena à gaja, e consiste em fazer um top 6 das cenas que odeio e convidar mais 6 pessoas em fazer o mesmo. Isso para mim é duplo desafio. Para já encontrar 6 coisas que odeio é complicado porque de facto não tenho o sentimento de ódio para nada em concreto. E o pior vai ser encontrar 6 pessoas para encaminhar a batata quente!

Não gosto mesmo nada mesmo de:
  1. Injustiça: se quiserem me por fora de mim, virar-me às tripas do avesso, tirar-me do sério é muito fácil, basta ser injusto comigo ou insinuar que tentei enganar, que fiz x ou y com um intuito xpto. Com estas tretas conseguem o Jackpot em meia dúzia de segundos.
  2. Enganar-me: outra merda que só de pensar nisso fico pior do que tudo. É a melhor forma para eu nunca mais falar uma pessoa. Como não sou vingativo, nem guardo rancores, tenho por hábito rebentar logo, dizer o que tenho para dizer, fazer o que tenho para fazer antes de cortar qualquer contacto. Pelo menos assim fica claro e não há palavras não ditas ou por dizer.
  3. Incompetência:(no trabalho) em terceiro lugar vem o que também consegue despertar algumas ondas negativas. De facto não gosto mesmo nada ser atendido por uma besta incapaz de admitir que não é bom naquilo que faz, ou que não se esforça para sê-lo. Humildade é de facto uma qualidade presente numa minoria. Oh pá, não custa nada admitir que é o nosso primeiro dia de trabalho, tentar fazer bem o seu trabalho. Depois há outra coisa que me deixa podre... Os super tachinhos dos filhotes ou sobrinhos que não pescam nada do assunto... Isso consegue deixar-me ficar podre.
  4. Futebol: não o desporto em si (22 gajos, 1 arbitro e uma bola), mas sim o conceito social no qual está envolvido. É pá, há vida além do Benfica, Sporting e Porto! Pergunto-me qual é a piada em saber a vida dos jogadores, os nomes das namoradas, dos carros que acabaram de comprar... Parece uma novela, e todos os anos há uma nova série, com novas intrigas novos actores. Não me cabe na cabeça como é que se pode marcar (ou desmarcar) uma vida social em sintonia com os jogos de futebol. Por estes e outros motivos, o futebol tinha de estar neste top 6. Siga para bingo, só mais dois....
  5. Estudantes mal trajados: merda, o traje não é apenas um conjunto de peças de roupa! Há regras, ter um traje e usá-lo não é um direito adquirido! O que é essa treta de óculos de sol, mini saias, gel, brincos à força toda, imitações Breitling, barba por fazer... Enfim... Lembrei desta por causa da queima... Não é que tenha a mesma  convicção do que nos pontos anteriores, mas acaba também é verdade.
  6. Falta de nível: o mais cómico dentro do meu top 6. Mais concretamente no que diz respeito aos gajos: Mijar na berma da estrada ou num sítio a vista de todos (sim, porque urinar é na sanita), gajos que coçam a saladeira (sim, sim! Todos coçamos, mas há quem o faça de forma MUITO discreta!), cuspir à machão (então daqueles bem puxadinhos ainda conseguem dar-me vómitos), flatulência gratuita, oferecer porrada (que animalidade básica), estar vestido à yo-tasse-bem com calças dentro das sapatilhas, boné com inclinação de 38,6 graus entre outros detalhes picantes. E os broncos de forma geral.
    Para as meninas, o que fico louco é: as manas dos yo-tasse-bem porque parecem que usa a mesma roupa que o ditos cujos, demonstrando assim uma falta notória de feminidade, gajas que arrotam, cintos a tapar a vulva (dá um aspecto tão ordinário... mas tão ordinário....). Também posso aqui criar uma redundância incluindo a flatulência gratuita, mas de forma geral, é um item no qual as meninas até se comportam relativamente bem :P

Ok, agora la vai a batata quente:
  1. Goncalo Gomes - http://www.promisc.org/blog/
  2. Gaja boa e Loura - http://gajaboa2.blogspot.com/
  3. Alexa - http://alexafj-pensamentos.spaces.live.com/
  4. A Pipoca mais doce - http://apipocamaisdoce.blogspot.com/
  5. Adriano Afonso - http://www.adrianoafonso.net/blog/
  6. Eumesma - http://deusesdaseiva.blogspot.com/

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 06/05/08 01:22
Escrever um comentário ao texto: "Desafio-Pequenos.Ódios.pt"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Viva La Revolucion

Viva La Revolucion

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons