class main AboutMe { exec(); }
Hoje de manhã acordei com uma notícia chocante: “Segurança do Bela Cruz no Porto baleado na cabeça, em estado grave”. Ainda meio cheio de sono, fiquei a pensar no assunto enquanto tomava banho. E recordei-me perfeitamente da vez em que ia ao Bela Cruz ao Domingo de manhã para tomar o pequeno almoço (quando ainda funcionavam como tal e com preços acessíveis – aaaah. la Belle Époque...), e fiz uma breve comparação com a última vez que tentei la entrar. Sim, digo bem tentar, porque no Bela Cruz, nem toda a gente entra la. Ou és VIP, ou tens um Carrera 4 estacionado no passeio. La vou eu, mais o meu primo e o meu irmão. E claro, veio essa conversa a baila: “Hoje, é só para os clientes da casa”, depois perguntou se “Estão na Guest List?”, e claro a conversa não foi muito mais longe, visto a arrogância do porteiro (é incrível como já é a segunda vez que transcrevo uma frase arrogante, que não tem quase impacto nenhum quando é escrita...). Anyway, fomos até Braga e curtimos mesmo à grande! E de facto, venho hoje perguntar-me se realmente esta tentativa de assassinato está realmente ligada aos outros casos de mortes na noite do Porto. Porque pensando bem, é verdade que aquele porteiro sofria de um mal qualquer, sei la, poderia qualificar a doença como “pato bravo”, “arrogante compulsivo”, “estala-dedos crónico”. Aparentava ter poucos amigos (ou talvez excesso deles), e acima de tudo devia ter entrado em greve contra os dicionários, porque, termos como assertividade, amabilidade, simpatia deviam-lhe ser totalmente desconhecidos.
Não quero condenar ninguém, alias nem sei se foi a mesma pessoa ou não, mas se formos a ver, nós só queríamos era abanar o capacete, curtir música, suar até o desodorizante deixar de fazer efeito. Agora imagino muito bem dois ou três ursos de um bairro qualquer com uma pistola na mala do carro, serem rejeitados da forma como fomos. O quê que impede a um desde gajos chegar ao fim da noite e meter uma bala na cabeça do homem? Ou, imaginam, toda gente já presenciou pelo menos uma vez a agressividade mórbida de alguns “seguranças” (sim, sim, são segurança da discoteca, não dos seus clientes). Imaginemos que durante aquela noite, ou numa noite anterior, algum urso levasse uma sarrifana valente por parte de um destes gorilas sem qualquer motivo, mais uma vez, pergunto! O quê que impede a esta malta de pensar que se chama John Rambo e dar cabo do homem? Simplesmente NADA. Nós é que andamos aqui entretidos com os nossos sites, blogs e computadores à armar-nos em escritores, mas muitas das vezes acabamos por desconhecer a realidade da rua. A realidade e a violência que está na cabeça dos miúdos de 20 anos (e não só....), não é comparável ao que se vê la fora em proporção, mas talvez equivalente em loucura e igual nos pensamentos.
Estes senhores porteiros, que apesar do smoking elegante, acabam muitas vezes por não ser melhores do que quem comete os crimes. Talvez não sejam capazes de ir até ao fim, mas se têm os músculos, tem de os usar! É como o Einstein! O quê que aquele homem fazia da vida dele, sem ser usar o cérebro dele? É como toda a gente! Se temos uma capacidade qualquer, digamos melhor do que o comum dos mortais, é lógico que vamos sempre dar-lhe formas de expressão. E no caso dos porteiros, toda a gente o sabe o unsaid... Mas ninguém fala. Porquê? Ao meu ver, o medo, o facto de pensar que são intocáveis... Talvez penso mal, ou esteja enganado. Acredito piamente que a maior parte dos seguranças/porteiros em discotecas não são anjinhos nenhuns, e que às vezes saí-lhe o tiro pela culatra, como foi o caso esta noite...
Esta treta que acabei de escrever é pura especulação! Não tenho uma pontinha de como provar que tenho razão ou não! Foi um simples resumo daquilo que pensei enquanto tomava banho...

De qualquer forma, esta malta ainda pensa que a noite no Porto é insegura. Posso garantir, que nunca foi tão seguro sair a noite no Porto como hoje... O problema são os casos mediatícos (like this one, or this, or this, or this, or this... )... Fazem como uma mancha de sangue no mapa de Portugal.

Última hora: “A Associação Nacional de Vigilantes solicitou uma audiência a Rui Pereira para pedir que os seguranças possam usar armas” (aqui). O que é esta merda? Os gajos vêm meter pressão num momento destes? Recordo, que a ANV é uma associação para os tipos da Securitas, Esegur etc...Aquela malta que trabalha na loja do cidadão a dar papeis! (aie... agora fui mauzinho... Ok, ok, não fazem só isso, também têm rondas nocturnas, e o trabalho deles tem sido um pouco deixado para segundo plano, apesar de terem grande mérito). Mas no curso desta gente, a primeira coisa que dizem é: “se tiverem qualquer problema chamem a polícia! Não façam nada!” Eles são como a associação tem por nome “VIGILANTES” - nem mais, nem menos....Se fosse Associação Nacional de Seguranças, eh pá, já era outra coisa. Agora, são simplesmente vigilantes! Alias, por serem vigilantes, tem de respeitar um determinado aspecto físico (altos, com alguns músculos... só para meter respeito). E são pagos só para vigiar, controlar se tudo se passa bem. Não para andar aos tiros e para se defender... Já que há tantos malucos armados, se forem armar toda essa malta dos vigilantes, então é que ficamos todos muitos bem seguros... Já agora, o quê que o emprego de um vigilante têm a ver com o porteiro de uma discoteca? É como comparar gestão  aos recursos humanos...  Esta malta que se aproveita de momentos destes para meter nojo é que não tem nada a ver...

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 03/03/08 02:10
Escrever um comentário ao texto: "Noite.do.porto"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: O Regresso

O Regresso

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons