class main AboutMe { exec(); }
Quem não conhece o famoso DIGG? O grande digg, o Super Digg, a máquina que consegue influenciar o trânsito na Internet, congestionar grandes servidores apenas com a quantidade astronómica de visitas originadas a partir do site deles? Objectivo do mesmo: os utilizadores são gestores do site e decidem através do seu voto, que notícia terá o privilégio de passar para a página inicial do Digg. Jornalismo de massas, onde quem manda, é o povo. Não inventaram nada, apenas souberam adaptar-se... Pequena adaptação que valeu ao Kevin Rose, já várias propostas milionárias para vender o seu Digg. Para quem não conhece aqui fica a dica: www.digg.com
Quem conhece ou ouvir falar, certamente terão também ouvido falar dos Digg Clones, aplicações web que permitem criar sites gratuitamente iguais ao estilo Digg. E foi o que aconteceu com o Paulo Querido e Miguel Vitorino com a plataforma “meneame”, que após grande trabalho de adaptação, foi baptizada por Domelhor.
“Cliente” do sítio desde do início, o meu registo completou exactamente 2 anos a semana passada, por isso, creio que seja uma boa altura para efectuar um pequeno balanço.
Tudo começou há dois anos atrás, onde ainda colocava algumas notícias, comentava e votava; rapidamente perdeu-se a vontade. Porquê? Simplesmente porque a falta de interacção entre a pessoa que coloca a notícia e o visitante, parece que o texto que diz “comentar” só aparece com o meu login! Era o único a recusar artigos e insurgir-me contra determinados “posters” que replicavam notícias no seu blog, publicavam no DoMelhor de forma a aumentar as suas visitas (este caso deu levantou alguns problemas ao Paulo Querido com o autor Brasileiro destas notícias). O problema deste tipo de coisas, é que sentimos que os “posters” colocam as notícias em prol do seu benefício próprio e não para melhorar a qualidade comum e global.

A essência mesma deste género de aplicações é mesmo no facto de poder entrar a martelada com os outros, deixar as suas bocas e sair. Ironia a parte, faz-me mesmo falta ler os comentários, de sentir alguma participação. Sentimos como se estivesse a alimentar o vazio, ninguém para dizer nada. Ninguém comenta e ponto final. Parece mais um forum só com um botão para criar um novo tópico, onde o programador simplesmente esqueceu-se de colocar o link para responder. O mais estranho, é que encontramos os Portugueses bem activos em todos no sítios internacionais (Neowin, Digg, Slashdot). Não é por nada, mas devemos realmente achar que a galinha do vizinho é melhor do que a nossa...

Voltando ao Domelhor.net, como se o problema dos comentadores não bastasse, a realidade é que o sítio está literalmente a ser invadido por artigos de interesse totalmente useless a força toda. Um lugar que deixou de prevalecer a componente jornalística, em prole de um enchimento de base de dados com fait-divers que só podem ter interesse a quem insere a notícia. Felizmente, a grande maioria destas notícias nem chegam a aparecer na página principal.

Quem tem por “missão” em votar em notícias pendentes (o meu caso), perde mais tempo em saltar de página em página passando-se com o lixo que por aí se encontra. Ainda há dias, vi um anúncio de emprego para .... o Brasil, notícias sobre brasileiros, copy/paste de blogs mais uma vez brasileiros. Recentemente ainda foram la parar notícias escritas em castelhano e quando não são notícias desprovidas de interesse, na maior parte das vezes tratam-se de traduções de outros sites. Lamentavelmente, parece que o nosso povo, não colabora muito para a criação de conteúdos nacionais. Falo por mim, já deixei de acrescentar coisas no Domelhor há mais de um ano. Como tantos outros utilizadores que assistiram ao nascimento do DoMelhor. Mas fica a desculpa fácil que também tenho produzido outras coisas, para outros sítios! Não posso fazer tudo como podem imaginar. Mas nem toda a gente faz isso, logo quando digo que as pessoas não colaboram, é obvio que é para ser lido no sentido generalista. Ou seja, o conceito de Massas não está presente na realidade Portuguesa!
Mas porquê? Onde andam os Portugueses quando estão online? Hi5, Msn? Sapo's, Blogs? Consumidores de informação em vez de produtores de informação? Realmente não sei... Será por sermos apenas 10 milhões de criaturas neste país?
Não digo que o site DoMelhor seja mau, ou que tenha perdido em qualidade, mas ao meu ver, deixou de estar a frente do “acontecimento”, é um agregador de notícias em atraso. E isso, não tem culpado ou responsável. Porque, como já disse, quem manda neste tipo de sites, são os utilizadores... Bad users maybe? A verdade, é que ler as feed do DoMelhor, é como ver os filmes no canal hollywood, já sem grande interesse, com pouca novidade... É a minha opinião e vale o que vale...
Enfim, tenho pena, porque há 2 dois atrás dava tudo para o sucesso do DoMelhor.... E hoje, já penso em remover esta feed do meu cliente RSS...
Não posso deixar este texto sem realçar o grande trabalho do  Paulo Querido e ao  Miguel Vitorino pelo esforço, dedicação e elaboração deste sítio web. Mas acredito realmente que sites como o DoMelhor tem interesse, mas não em Portugal. Talvez no Brasil ou Espanha, mas em Portugal não.

Nota: há outros sites tipo Digg em Portugal e no Brasil (Eu curti, Fixolas, OuviDizer, Rec 6, Linkk, overmundo, Dihitt, Outro lado, Link To, Link Loko, Nerdown, Diga.vc, Digago etc...), o meu texto basea-se no sítio DoMelhor.net porque foi dos pioneiro em Portugal e é um que realmente sigo todos os dias e pelo qual tenho um especial carinho.

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 23/01/08 18:44
Escrever um comentário ao texto: "DoMelhor.net"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Momento Terno

Momento Terno

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons