class main AboutMe { exec(); }
Dia 31 de Dezembro 2007, dia histórico para o fumador veterano! Foi o último dia do cigarro após o CRF, ou do jovem discoteiro com o cigrarrinho a fumegar. Terminato! Dia 1 de Janeiro, tirando o António Nunes no Casino do Estoril ninguém pode e poderá voltar a fumar nos seguintes lugares (fonte).

Sinceramente, acho muito bem! Ninguém tem que levar com o vício dos outros. Sempre foi uma coisa que achei estranha em restaurantes, onde numa mesa os fumadores mais civilizados, ainda esperavam pelo fim da refeição para fumar. Mas nunca se lembravam que a mesa por trás da dele poderia ter de chegar ou que estivesse a deliciar-se com o robalinho grelhado... Não, acho muito bem! Agora, aquele depois do café... Bem, não vale a pena pensar no que se podia fazer o ano passado...
Já agora, tenho algumas dúvidas em relação a abrangência da lei. Por exemplo, um fumador fuma dentro do seu carro, com os vidros abertos, no parque de estacionamento de um centro comercial. Será legal?
Fumar sentado no parapeito de uma janela? Fumar na casa de banho de um restaurante (é separada fisicamente e tem extracção de ar) ? Acho que a lei não deveria ser lida de forma tão extremista, mas sim levado a cabo com bom senso comum apesar de ser difícil para a maioria de nós fazer uso deste bom senso. Claro que não se fuma numa casa de banho, claro que não fuma no parapeito de uma janela, mas porquê que não havia de fumar no parque de estacionamento? Não é bem menos grave ser condescendente com o pobre fumador que esteve preso no centro comercial sem poder fumar do que com os gases tóxicos dos escapes dos automóveis? Sinto como uma mudança de 8 para 80, extrema e talvez mal preparada ou esquecendo que o tabaco não é apenas uma escolha, mas que para muitos fumadores um verdadeiro problema, cujo vício envenena dia após dia o seu corpo. Há muito para fazer ao nível de tabagismo, mas a verdade, é que esta lei é um excelente ponto de partida, espero que seja o inicio do fim do tabaco....

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 15/01/08 20:07
Escrever um comentário ao texto: "Site.não.fumador.pt"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Morosidade Urbana

Morosidade Urbana

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons