class main AboutMe { exec(); }
Japão, um mundo onde a tradição mistura-se com tecnologia. Mutilado pelas guerras que travou, o Japão é hoje um país calmo, mas com olho no mundo. Observando do canto do olho o seu vizinho a Coreia do Norte, coloca-se hoje em dia protagonista da guerra contra o terrorismo. Depois dos Estados Unidos obrigar todos os estrangeiros em deixar uma impressão digital nos aeroportos em 2004, agora é a vez do Japão.
A partir de amanha (20/11/2007), para entrar no Japão, terá que ser submetido a uma fotografia e impressão digital. Caso o estrangeiro não o queira, será deportado automaticamente.
Estes novos procedimentos estão totalmente baseados nas leis americanas, nomeadamente no que diz respeito a partilha de informação entre as diversas agências policiais e governamentais. Esta progressão da falta de privacidade aumentando diariamente levanta de facto muitas perguntas, no sentido em que acabamos por perguntar, mas porquê que o Japão pretende leis anti-terrorismo desta natureza, quando todos sabemos que o Japão nunca teve nenhum atentado terrorista orquestrado por grupos estrangeiros. O último ataque moderno data de 1995 quando um grupo religioso atacou uma estação de metro com gás Sarin. Mas voltando ao assunto, como é que podemos pensar que o Japão é um alvo potencial para os terroristas? Será pelas tropas que eles tiverem no Iraque com missões de reconstrução de 2004 à 2006? A minha grande pergunta, é porquê que fazem isso, qual é a necessidade? Com cerca de 8 milhões de turistas por ano, será pelo valor da base de dados? Poder negocial com os Americanos? Fenómeno de medo ou de moda? Será que isso é viral ou passageiro? Sinceramente receio que isso possa ser procedimento em muitos outros países. Acabamos com que tipo de privacidade? Cada vez temos menos privacidade, qualquer portagem, caixa Multibanco, pagamento Mb, alias, mesmo na Internet, a privacidade é ridícula. Até eu, que sem o desejar, consigo ver quem visitou o meu site, de onde veio, o que fez qual é o ISP, origem, e por vezes até a cidade! Agora, imaginem um pouco... Bastará uma pequena viagem aos Estados Unidos ou ao Japão para que todo o planeta fique com um registo da sua impressão digital por várias décadas.... Através dela, consegue-se saber quase todos os nossos movimentos, onde tivemos, o que fazemos, as nossas preferências etc.... Segurança? Sim, totalmente a favor... Mas a que preço....

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 19/11/07 15:43
Escrever um comentário ao texto: "fingerprinted.jp & com"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Solidão

Solidão

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons